Declaração de Imposto de Renda 2014 | Tudo o que você precisa saber

Por  |  Comente

O prazo para entregar a Declaração de Imposto de Renda 2014 vai do dia 6 de março até 30 de abril. O brasileiro tem costume de deixar para a última hora, o que pode trazer grandes problemas.

O download do programa de declaração do Imposto de Renda 2014 está disponível a partir de 26 de fevereiro, enquanto os aplicativos para celulares e tablets só estarão no ar no dia 6 de março.

Nós vivemos no país dos impostos e este é o mais complicado deles. São tantos detalhes que o medo de errar e cair na temida malha fina é enorme. Eu não sou contador nem me considero apto a ensinar ninguém, por isso recorri a quem realmente entende: o site especializado Finanças Práticas.

Selecionei links úteis onde você pode entender, planejar e tirar todas as suas dúvidas para então, finalmente, cumprir com sua obrigação com o Leão e entregar a bendita declaração de Imposto de Renda. E lembre-se, quem não entregar no prazo estará sujeito à multa que vai de R$ 165,74 à 20% do imposto devido, além de 1% ao mês.

Quem é obrigado a declarar Imposto de Renda?

Entre os que devem declarar, estão os que tiveram rendimentos tributáveis (por exemplo, o salário) acima de R$ 25.661,70 ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40.000,00 (por exemplo, uma indenização trabalhista). Quem investiu em ações ou possuiu bens acima de R$ 300 mil em 2013 também é obrigado a apresentar o IR .

Quem ganha até R$ 1.787,77 está isento de pagar imposto de renda. Acima disso, veja as alíquotas:

De R$ 1.787,78 a R$ 2.679,29 = 7,5% de imposto
De R$ 2.679,30 a R$ 3.572,43 = 15% de imposto
De R$ 3.572,44 a R$ 4.463,81 = 22,5% de imposto
Acima de R$ 4.463,81 = 27,5% de imposto

IR 2014: Planejamento

A etapa mais importante deve ser o planejamento para a entrega da Declaração de Ajuste Anual do IRPF 2014. Ela vai evitar dores de cabeça na sua prestação de contas. O site lista 7 passos para ajudá-lo. O primeiro aborda os documentos necessários para a declaração. São eles: informes de rendimentos, recibos de despesas médicas e com educação, CPF dos dependentes, lista de alugueis recebidos e dados dos imóveis alugados, informes de rendimentos bancários e aplicações financeiras etc. Veja mais no artigo hora de planejar sua prestação de contas.

Imposto de Renda 2013 - cuidado com o Leão

IR 2014: Simples ou completo?

Como saber se você precisa fazer a Declaração do Imposto de Renda 2014 no modelo simplificado ou no modelo completo? Basicamente a opção simplificada é para quem não tem muito a declarar ao Fisco. Você precisa somar todos os rendimentos tributáveis recebidos em todo o ano de 2012 e sobre este valor será concedido um desconto de 20%, que está limitado a R$ 14.542,60; e será utilizado para reduzir a base de cálculo do imposto.

Já o modelo completo é para quem tem muitas deduções, como plano de saúde, gastos com educação e dependentes. Neste caso será preciso informar todos os gastos e rendimentos ocorridos ao longo de 2012. Veja todos os detalhes no artigo passo a passo na hora de declarar.

IR 2014: erros mais comuns

É aqui que o leão literalmente morde. Erros que parecem bobos podem fazer com que sua declaração caia na malha fina. Preste muita atenção e procure evitá-los:

Informar valores com caracteres incorretos

De acordo com a Receita Federal, entre os erros mais comuns cometidos pelos contribuintes, e responsável por muitas dores de cabeça, está a digitação de valores de forma incorreta ou com mais de duas casas decimais. O programa de declaração NÃO considera o “ponto” como separador de centavos. Dessa forma se, em qualquer campo de valor, for digitado 1234 ponto 56, será considerado R$ 123.456,00. A forma correta de declarar valores com casas decimais é utilizando a vírgula como separador.

Não informar o CNPJ das fontes pagadoras no campo apropriado

O contribuinte deve informar corretamente o CNPJ da fonte pagadora, pois se esse dado não for informado ou o CNPJ estiver inválido, a declaração pode não ser gravada.

Declarar valores diferentes dos constantes no comprovante de rendimentos fornecido pela fonte pagadora

Se estiver convencido de que as informações contidas no comprovante de rendimentos estão incorretas, preencha as informações corretamente em sua declaração e solicite à fonte pagadora um novo comprovante, lembrando-a da necessidade de retificar as informações prestadas à Receita Federal.

Não informar rendimento de dependentes

Os rendimentos dos dependentes, mesmo isentos de IR, devem ser somados à base de cálculo do declarante. Há cruzamento de dados e qualquer inconsistência neste sentido pode levar o contribuinte à malha fina.

Receber rendimentos tributáveis de diversas fontes pagadoras, sem declarar todos os valores recebidos

Neste caso, todos os rendimentos tributáveis devem ser declarados, ainda que não tenham sofrido retenção pela fonte pagadora.

Isenção para contribuintes com mais de 65 anos acima do limite

Para estes contribuintes, a parcela isenta mensal está limitada a R$ 1.787,78, independentemente do recebimento de uma ou mais aposentadorias e/ou pensões. O valor excedente deve ser informado como rendimento tributável. Em caso de declaração em conjunto, se ambos os contribuintes preencherem as condições de isenção, o valor máximo permitido é a soma dos limites de cada um.

E para terminar…

Deixar a declaração para a última hora

Quanto mais próximo do prazo final, maior o movimento de contribuintes e o site da Receita pode congestionar e sair do ar. Assim, evite deixar para última hora, pois, em caso de algum erro, você pode não ter tempo hábil de corrigi-lo.

É isso. Muita atenção e por favor, não perca o prazo para entregar sua Declaração de Imposto de Renda 2014. Já pagamos tanto imposto neste país, quer dar ainda mais dinheiro (multa) para o governo?

[Fonte das informações: Finanças Práticas.]

Paulistano, atuou como designer de 1993 a 2008 quando começou o Curiosando, onde aborda diversos temas, além da cobertura do Miss Brasil desde 2010.

Responder

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>