“Uma moça muito alegre, determinada, corajosa, sem medo de correr atrás de seus sonhos, que procura colocar amor em tudo o que faz; de uma fé imensa em Deus, muito família, brincalhona e de bem com a vida”. Esta é Taynara Gargantini, 23 anos, 1,75 de altura, bela paranaense de Paranavaí que adotou Pernambuco há mais de cinco anos e representará o estado no Miss Brasil World 2013, dia 6 de abril, no Portobello Resort & Safari, em Mangaratiba (Rio de Janeiro). A eleita será a candidata do Brasil no maior concurso de miss do planeta, o Miss World, disputado em setembro na Indonésia. Além de beleza, simpatia e tantas outras qualidades, Taynara é torcedora do Corinthians! Quem disse que não existe mulher perfeita? Leia nossa entrevista exclusiva e conheça mais desta linda miss:

Taynara Gargantini

Entrevista exclusiva com Taynara:

1. Quando começou o seu contato com o mundo dos concursos de beleza e por que você quis se tornar uma miss?

TAYNARA GARGANTINI: Comecei muito novinha a participar de concursos de beleza na escola com 7, 8 anos, fui crescendo e gostando muito de desfilar. Quando fiz 14 anos entrei em um curso de modelo e comecei a aprender andamento, postura. Com 15 participei do meu primeiro grande concurso de beleza. No sul, um concurso muito sonhado pelas meninas de interior, “Rainha do Rodeio”. Fui participar mais por ir mesmo, saber como era e acabei vencendo. Não conseguia acreditar, foi um momento único. A partir desse dia comecei com a vida de modelo. Participei do Miss Paranavaí, mas por não ter idade apenas participei mesmo. Fui eleita Miss Elegância no Miss Paranavaí de 2006.

Mudei para Recife em 2008, e em 2010 conheci duas pessoas maravilhosas: Oscar Fidelis, que me apresentou ao Walberto Camará que me colocou neste mundo de Miss novamente, já com 20 anos.

Então comecei pelo Miss Beleza Regional 2011, ganhei, fui para o Miss Pernambuco Universo 2011 representando o Clube da PM e BM de Pernambuco, ganhei como Miss Simpatia e logo após esse concurso recebi um convite através de Fernando Bandeira, que hoje é meu atual coordenador, para participar do Miss Brasil Latina representando o Paraná, estado onde nasci. Aceitei e me preparei, cuidei mais do corpo, postura, acabei ficando com o 2º lugar e com o Miss Simpatia também. É “muita simpatia” dois concursos seguidos [risos]. Não acho ruim isso não, pois sou muito alegre e faço amizades com as meninas. Apesar de todas serem concorrentes não acho que cara fechada vai me fazer melhor que ninguém.

Hoje sou a Miss Pernambuco World 2013 com todo orgulho possível, não nasci nessa terra, mas moro há 5 anos e sou completamente apaixonada por esse Estado que escolhi para ser minha casa.

Eu quis me tornar “Miss” por ser um sonho, por crescer encantada com outras misses, pela beleza, postura, comportamento, educação e pela figura delicada que uma miss transparece. Uma miss não é uma simples modelo, ela leva além da beleza todo um carisma, ajuda em projetos sociais, simpatia e alegria por onde passa.

2. Você acha que miss ainda sofre com o estereótipo de que mulheres bonitas não podem ser inteligentes?

TAYNARA: Sofrer??? Eu não diria que seria essa a palavra, mas existe sim um preconceito nessa parte. Mal sabem que para ser uma miss você tem que estudar muito, falar outras línguas, saber conversar sobre vários assuntos.

Sempre tem aquela “gracinha”, quando as pessoas sabem que você é miss, da pergunta: “O que você deseja para o mundo?” R: A paz mundial… [risos]. Essa é velha, mais escuto até hoje brincadeiras do tipo. Levo numa boa, mostro que não sou só um rostinho bonito. Acho que surpreender é a melhor resposta para esse preconceito.

3. Como está sua preparação para o Miss Brasil World? Precisou mudar a alimentação, deixando de lado alguma coisa que adora comer?

TAYNARA: A preparação está a todo vapor, muito cuidado com o corpo, pele, cabelos, sorriso. Treino Karatê para manter a forma, corro e faço caminhadas.

Deixei sim, de tomar Coca-Cola. Adoro refrigerante, mas tive que cortar da minha vida. Procuro comer mais frutas.

Taynara Gargantini

4. O que será mais difícil para você: desfilar para o público e para os jurados ou a competição com as outras candidatas?

TAYNARA: Acho que a competição, pois você não sabe a capacidade que cada uma tem. O potencial aparece durante a competição com todas juntas.

5. Pretende seguir uma carreira paralela a de modelo? Se sim, qual seria?

TAYNARA: Já sou modelo de passarela e comercial, gosto muito de passarela, mas entrei na área comercial e estou amando, pretendo seguir nela. Trabalhar com fotos é maravilhoso. amo. Quero continuar na área de modelo fotográfica.

6. O que você gosta de fazer no seu tempo livre e o que teve de abdicar para se preparar para esta carreira?

TAYNARA: Gosto muito de ficar com as amigas, curtir uma boa praia, curtir o namorado, viajar. Bom, voltei a treinar Karatê e pretendo me dedicar muito para manter sempre o físico em dia para o Miss.

7. É difícil controlar o ciúme do namorado, por conta das fotos e desfiles?

TAYNARA: Um pouco, mas ele entende o tamanho do sonho. Assim fica mais fácil de controlar o ciúme.

Taynara Gargantini

8. Quem é sua inspiração e por quê?

TAYNARA: Natália Guimarães. Diva, carismática, de uma elegância maravilhosa… E linda linda linda! Minha Diva.

9. Compartilhe um segredo de beleza com as leitoras.

TAYNARA: Sempre antes de um evento, uma festa, eu procuro dormir para acordar com uma pele bonita, descansada. Assim a make fica mais perfeita.

10. Para terminar, que conselho você daria para as meninas que sonham trabalhar como modelo e/ou entrar para o mundo dos concursos de beleza?

TAYNARA GARGANTINI: Que você não desista no primeiro não, pois eles são constantes nesse mundo de modelo e miss. Se você acredita em você, corra atrás. Acredite no seu sonho e faça valer, que ele se torna realidade. Eu mais do que ninguém posso dizer isso. Uma menina de família humilde sem condições de sonhar tão alto, desacreditada por muitos. Ninguém acreditava que eu poderia chegar perto de onde já cheguei, me sinto uma vitoriosa e muito realizada por não ter desistido do meu sonho e de conquistar com muito trabalho tudo que conquistei. Muitas vezes pensamos em desistir porque o caminho é difícil, mas Deus está cuidando de você e lhe fortalecendo a cada passo. A fé alimenta a alma e Deus lhe mostra o caminho; acredite em você.