“Sou extrovertida e muito determinada; gosto de desafios, por isso sempre coloco metas em minha vida, para alcançar os meus objetivos e realizar os meus sonhos.” Assim se define a linda Thaís Andrade, nascida em Ribeirão Preto, tem 24 anos, 1,75 de altura e vai representar o município de Rifaina no Miss São Paulo 2013, que acontece no dia 17 de agosto, com transmissão ao vivo da Band. Aliás, esta é a primeira vez que Rifaina terá uma representante no concurso de beleza mais importante do estado. E que candidata! Thaís ficou em segundo lugar na somatória das notas da seletiva, que escolheu as 30 misses. E se não bastasse a beleza, sobra simpatia e inteligência que a colocam entre as grandes favoritas para herdar a coroa de Francine Pantaleão. Conheça um pouco mais da belíssima:

Thaís Andrade

Thaís Andrade

1. Quando começou o seu contato com o mundo dos concursos de beleza e por que você quis se tornar uma miss?

THAÍS ANDRADE: Fui apresentada ao meu atual coordenador Eder Ignácio, e nessa ocasião ele me convidou para participar de um determinado concurso. Eu já trabalhava como modelo e achei que seria fácil. Descobri porém que uma miss tranquilamente desempenha o papel de modelo, mas a modelo jamais será uma miss, sem todo um trabalho de preparação (na minha concepção). Aceitei o convite e começamos o intensivo; logo pensei em desistir porque exigia muita função, entretanto fui tomada por muita vontade e a motivação dos que me acompanhavam me fez persistir, fui finalista. Depois dessa experiência me vi totalmente envolvida com esse mundo. Eu acompanho o que acontece, assisto aos concursos e procuro estar sempre inteirada acerca do assunto.

Ser Miss tornou-se um ideal para mim. No início desse ano fui eleita ‘Miss Rifaina’ e me sinto orgulhosa em ser a primeira representante dessa bela cidade no Miss São Paulo.

2. Você acha que miss e modelo ainda sofrem com o estereótipo de que mulheres bonitas não podem ser inteligentes?

THAÍS: Não tenho sentido dessa forma, se ainda existe esse tipo de preconceito deve vir de pessoas ignorantes e desinformadas, é lamentável.

Ser inteligente é você ser capaz de resolver diversos problemas com que se defronta. Logo, modelos e misses são a todo momento postas à prova, e para sobreviver nessas carreiras exige-se esperteza. Apenas o QI também não é suficiente para descrever a grande variedade de inteligências múltiplas que possuímos e aplicamos no nosso dia a dia. A sociedade atual tem colaborado para essa mudança, as mulheres ocupam hoje lugar de destaque no cenário profissional; mulheres belas que são excelentes profissionais.

3. Como é a preparação de uma candidata para um concurso da grandeza do Miss São Paulo? E aproveitando a pergunta, precisou mudar a alimentação, deixando de lado coisas que adora?

THAÍS: Altera toda a rotina. A preparação exige muito de cada uma. Para trabalhar como modelo é necessário estar sempre bem, porém para o Miss São Paulo os cuidados são triplicados. Dieta, estética, academia passam a ser diários, todavia, uma Miss não é somente ser bela, ela deve ser bem informada, ter ética e responsabilidade social pois ela passa a ser um referencial para a sociedade e deverá representar sua cidade, estado ou nação com dignidade. É inevitável abdicar de algo que nós gostamos. Como estou seguindo dieta estabelecida, muitas delícias ficaram de fora do meu atual cardápio. [Risos]

Thaís Andrade miss

4. O que é mais difícil para você: desfilar para o público e jurados ou a competição com as outras candidatas?

THAÍS: Sou sociável e extrovertida, acredito que o convívio e a competição com as candidatas não será um problema. Encarar o público e o júri com certeza me deixará com frio na barriga. Espero até lá conquistar um grau de evolução que me permita passar por essa experiência extremamente autoconfiante.

5. Pretende seguir uma carreira paralela a de modelo? Se sim, qual seria?

THAÍS: Com certeza, eu estudo comércio exterior. Trata-se de uma área ampla; e depois de graduada e cursar uma especialização pretendo partir para o mercado de moda (vestuário) que cresce de forma absurda e movimenta R$ 136 bilhões por ano no Brasil.

6. O que você gosta de fazer no seu tempo livre e o que teve de abdicar para se preparar para esta carreira?

THAÍS: Viajar e ler livros, além de ouvir uma boa música (MPB). A responsabilidade para com essa carreira te exige sempre estar bem, portanto dormir bem e ter uma alimentação saudável faz com que você abdique de guloseimas e festas. Na verdade nem é tão difícil assim. [Risos]

7. É difícil controlar o ciúme do namorado, por conta das fotos e desfiles?

THAÍS: Meu namorado é um homem maduro, responsável e inteligente. Ele compreende e respeita o meu trabalho, e o mais importante, confia em mim.

Thaís Andrade - Miss Rifaina

8. Quem é sua inspiração e por quê?

THAÍS: Meus pais, pela determinação e coragem como se posicionam diante da vida, pela educação que me proporcionaram e pela amizade e companheirismo.

9. Compartilhe um segredo de beleza com as leitoras.

THAÍS: Dormir bem e beber muita água, colaboram com a boa plástica. Porém, o maior segredo de beleza é ser você mesma, ser autêntica, responsável diante da vida e ser simples. “A simplicidade é o último grau da sofisticação”. Leonardo Da Vinci.

10. Para terminar, que conselho daria para as meninas que sonham trabalhar como modelo ou entrar para o mundo dos concursos de beleza?

THAÍS ANDRADE: Para trabalhar como modelo o correto é procurar agências sérias, reconhecidas e que acreditem em você. Possuir bom material fotográfico faz diferença.

Para ser miss é importante ser tomada pela vontade e saber que a caminhada exige muita vontade e preparação: investir em esportes desde cedo, alimentação saudável e estudar, pois conhecimento sempre fará a diferença.