Diversos

Criminosos comemorem! Dilma sanciona lei que libera milhares de presos

Por  | 

O Brasil não é apenas o país onde o crime compensa, e o país com o maior número de assassinatos do mundo. É um verdadeiro paraíso para os advogados criminalistas que contam com uma gama quase ilimitada de opções para beneficiar seus clientes. E para ajudar ainda mais, Dilma não exerceu seu poder de veto e aprovou mais um absurdo que prejudica a já inexistente segurança da população.

De cada seis presos EM FLAGRANTE, 1 é libertado, apenas em São Paulo. Antes dessa lei absurda a média era de 1 em cada 9. Os dados são oficiais da Dipo (Departamento de Inquéritos Policiais). Em declaração ao jornal Folha de S.Paulo, o corregedor Alex Zilenovski disse “Os magistrados já assimilaram a sistemática da nova lei, o que se pode constatar pelo aumento expressivo do número de alvarás de soltura do Dipo”. Os infratores cada vez mais soltos e nós cada vez mais presos. Que beleza!

Ja que o governo fala muito e nada faz nem investe em novos presídios, por exemplo, o que fazer para melhorar a questão das cadeias superlotadas?

Simples. É só soltar alguns milhares de presos e tudo certo. É exatamente isso o que faz a Lei 12.403, aprovada pelo congresso e sancionada pela presidente – já batizada nos meios jurídicos de Lei da Impunidade – que vai liberar cerca de 100 mil presos imediatamente; 54 mil só no Estado de São Paulo.

Você é capaz de imaginar um país onde um indivíduo que pratica tentativa de homicídio ou sequestro ou ainda receptação (que motiva roubo de joias, obras de arte e muito mais) tenha direito a pagar fiança? Pode parar de imaginar. Isso é muito mais agora passará a ser afiançável com a nova Lei, ou seja, pagou está livre.

Veja graves e inacreditáveis exemplos absurdos:

  • Todos os homicídios tentados
  • Sequestro e cárcere privado
  • Crimes ambientais
  • Receptação
  • Formação de bando
  • Estupro
  • Concussão (extorsão praticada por funcionário público)
  • Crimes do colarinho branco
  • Lesão corporal seguida de morte
  • Furto
  • Roubo
  • Extorsão
  • Lavagem de dinheiro
  • Corrupção ativa
  • Corrupção passiva

Melhor parar por aqui pois a lista é grande e dá nojo.

A população que já não conta com segurança, que se dane. Parabéns aos nossos “representantes” por mais essa demonstração de o quanto estão “sintonizados” com o que acontece no país.

Lembre-se bem disso nas próximas eleições, quando seu candidato ou candidata vier falar novamente aquela ladainha de aumentar a segurança. Lembre-se bem.

Atualização dezembro de 2012: Em plena onde de violência em São Paulo, onde criminosos e policiais travam uma guerra diária, a presidente Dilma poderia vetar o indulto de Natal, mas ao contrário, estendeu o benefício. O total de presos que ficarão por volta de duas semanas na rua passa de 22 mil. E claro, mais de 1.400 não voltaram. A polícia continuará enxugando gelo e prendendo os mesmos bandidos até a “justiça” soltá-los por nossas precárias leis. Este é o país em que vivemos.