A temporada do torneio de eSports da FIFA 18 atraiu 20 milhões de jogadores

O FIFA 18 foi lançado para o mercado no último semestre de 2017, sendo um sucesso global instantaneamente, por causa de seus gráficos aprimorados, modos de jogo e a inclusão de vários ícones de futebol como personagens jogáveis.

eSports da FIFA
Foto: Reprodução/Facebook

FIFA 18 e a Copa do Mundo

Recentemente, a Electronic Arts lançou uma atualização de DLC para incluir os recursos da Copa do Mundo, oferecendo uma experiência imersiva completa aos seus jogadores. Além dessa atualização, a EA e a FIFA organizaram um torneio de eSports ao redor do jogo e anunciaram que mais de 20 milhões de jogadores participaram do jogo competitivo do FIFA 18 nesta temporada. No final, 32 competidores competem para ser o campeão mundial da FIFA 18. A qualificação para esses 32 lugares ocorreu de 28 a 30 de maio e de 1 a 3 de junho em Amsterdã, enquanto 128 competidores buscaram se classificar e avançar para a Grande Final da FIFA eWorld Cup 2018, que acontecerá em Londres de 2 a 4 de agosto, somente alguns dias após a realização da Copa do Mundo na Rússia. Tudo isso acrescenta emoção extra à atual Copa do Mundo na Rússia, que já tem seus favoritos em sites de apostas como a Betway, com 18,2% para a Alemanha e Brasil (até o dia 26 de maio), e vai transportar essa emoção para o mundo digital com a empolgação dos eSports competitivos na final da FIFA eWorld Cup em Londres. Também é importante mencionar que esta saga de videogames é um dos passatempos preferidos dos jogadores de futebol mais bem pagos do mundo, incluindo Lionel Messi, que tem participado constantemente em eventos patrocinados em torno deste videogame organizado pela FIFA, e é conhecido pelo seu amor por videojogos deste género desde a sua infância. Além disso, Cristiano Ronaldo, que foi selecionado como o melhor jogador de futebol do mundo em 2017, e recebeu recentemente a Bola de Ouro por causa dessa conquista, está na capa do videogame.

Jogadores do Barcelona
Foto: Reprodução/barcaman.ru

FIFA 18 como um negócio

O grande interesse dos jogadores mostra porque as empresas estão investindo mais em jogos competitivos. As receitas globais de eSports crescerão 38%, para US$906 milhões em 2018, e crescerão ainda mais (US$1,65 bilhoes até 2021), de acordo com um novo relatório anual sobre eSports da Newzoo. A EA e a FIFA co-criaram o torneio e formaram parcerias com ligas de futebol de alto nível, clubes, marcas esportivas e organizações de esportes de primeira linha. As principais ligas que hospedaram torneios e competições da FIFA 18 incluem a Hyundai A-League, Eredivisie, MLS, JLiga, La Liga, Ligue 1, Premier League Russa e a Bundesliga. Além disso, a longa competição EA Champions Cup, disputada no FIFA Online 3 na Ásia, tornou-se parte da Série Global e com seus jogadores se classificando para os próximos playoffs.

Plateia EA Sports FIFA
Foto: Reprodução/dailymail.co.uk

A EA se refere aos eSports por meio de um termo mais amplo que chama de “competitive gaming”. Por meio do competitive gaming, a EA se refere a uma pirâmide de atividades. No topo está o EA Majors, o ápice da competição que considera ser o eSport, onde os melhores jogadores do mundo competem para ser o vencedor final. Abaixo na pirâmide, estão os EA Premier Events, ou grandes competições de prêmios promovidas por outras empresas (como a ESL) e que possuem um número considerável de seguidores. Eles são globais por natureza e muito importantes para a comunidade. Depois, há EA Challenger Events, ou eventos da comunidade com 500 a 600 (ou apenas 20) competidores jogando EA Competitive Gaming. E para completar tudo isso, é o EA Online Matchmaking. A maior parte da comunidade EA se encaixa aqui como a base da pirâmide e onde milhões de jogadores jogam em casa. O objetivo da EA é apoiar essas grandes competições e ajudar a facilitar uma estrutura de torneios tranquila e atraente para os gamers e para as empresas.

Taça da Copa do Mundo FIFA
Foto: Reprodução/easports.com

Os eSports estão aumentando rapidamente o número de fanáticos e jogadores, e com a constante organização de torneios e parceria com grandes empresas como a EA, o fato de ver jogadores e suas equipes classificadas pela FIFA, também está começando a ser tão comum quanto encontrar o rankings de seleções que esta federação faz todos os anos, e onde atualmente, Brasil e Alemanha, estão competindo para liderar este ranking.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário

2 Comentários em "A temporada do torneio de eSports da FIFA 18 atraiu 20 milhões de jogadores"

avatar
  Ativar Notificações  
novos anteriores mais votados
Receber notificação de:
Wladimir da Silva
Wladimir da Silva

SHOW DE BOLA!!!!!

Jefferson
Jefferson

Eu era mais o PES mas ano passado o FIFA melhorou absurdamente os gráficos e jogabilidade; virei casaca!