Descubra as tecnologias usadas por um detetive particular

Tecnologia nas investigações

Detetives particulares usam a tecnologia para agilizar o processo de investigação

É possível monitorar uma pessoa 24h por dias 7 dias por semana? Saber onde ela vai, com quem fala ou se relaciona? A resposta é sim! Descubra como a tecnologia é usada por alguns detetives particulares, e como ela pode ajudar na resolução de casos.

A tecnologia está mudando o jogo

Há alguns anos, para recolher provas os detetives passavam horas seguindo o investigado, era quase impossível saber a localização de uma pessoa se não estivesse próximo a ela. Para conseguir tais provas era necessário estar no lugar certo na hora certa.

No entanto, esse cenário é cada vez mais distante, hoje é possível monitorar uma pessoa em qualquer parte do mundo, direto do celular.

Veja como a tecnologia é capaz de ajudar durante um processo de investigação.

Pesquisas on-line e redes sociais

Um dos maiores desenvolvimentos em termos de acesso a informações pessoais tem sido o aumento de pesquisas on-line. Há centenas de bancos de dados que possuem informações disponíveis sobre uma determinada pessoa.

Pela internet, é possível descobrir muitos dados sobre o investigado, incluindo as redes sociais, que são alimentadas pelos próprio usuário. Através deles dá para descobrir gostos, hobbies, atividades. A interação com outras pessoas também podem ser avaliadas e fazer parte da criação do perfil do investigado.

Software espião

Os celulares, tablets e notebooks, podem ser monitorados através da instalação de softwares espiões. Através deles é possível monitorar toda atividade online do investigado. Telefonemas, mensagens de texto, emails (incluindo a localização do aparelho), tudo em tempo real 24 horas, todos os dias. A partir das informações colhidas é possível criar um perfil da rotina do investigado.

Rastreamento GPS

Com a mesma premissa do software espião instalado nos celulares, é possível monitorar os investigados através dos rastreadores de GPS cada vez menores e mais fáceis de usar.

Os rastreadores são equipamentos de geolocalização, sendo assim, esse sistema pode enviar sua localização exata em terra, que são transmitidos para centrais.

Câmeras e microcâmeras

Elas podem estar escondidas nos mais variados objetos. É possível instalar câmeras pequenas e ocultas em objetos inofensivos e cotidianos. Vai da criatividade de cada detetive e principalmente do ambiente onde se quer gravar. Hoje elas são capazes de gravar vídeos e tirar fotos com altíssima definição, possuem sensor de movimento, além da transmissão em tempo real das imagens, o que facilita o trabalho do detetive.

Gravadores de áudio

Assim como as câmeras, os gravadores de áudio podem estar disfarçadas de inúmeros objetos. A maioria tem uma grande capacidade de armazenamento, o que significa horas de gravações, além de ter alta sensibilidade e possuírem detector de voz. Podem ser usados para gravar conversas, assim como monitorar algum ambiente onde a investigação está acontecendo.

É importante ressaltar que cada detetive particular possui sua própria linha de investigação, ele escolhe como vai fazer uso da tecnologia e quais as melhores soluções para cada caso. Durante a coleta de dados, a estratégia adotada pode ser um diferencial e a peça chave para a resolução rápida do caso.

Ilustração: Gerd Altmann

COMPARTILHAR
Paulistano, radicado em Santa Catarina, apaixonado por tecnologia e informação. Em 1993 começou a trabalhar com design e diagramação; é Webmaster do Curiosando desde 2008.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here