Ter plantas em casa, além de ser charmoso e elegante, traz harmonia e bem estar aos moradores.

Neste post você vai encontrar cinco espécies de plantas que são verdadeiros amuletos para a energia da sua casa. E se quiser uma dica de um site excelente para quem ama plantas, recomendo o Adoro Plantas.


Chifre-de-veado. As folhas profusas do chifre-de-veado (Platycerium bifurcatum) criam um contraponto na decoração. COMO CUIDAR: cultivada em fibra de côco, esta espécie pede pouca água, que deve ser borrifada duas vezes por semana. Ela vai bem em ambientes internos desde que haja claridade. A cada seis meses, deixe-a uma temporada ao ar livre e adube.

Jade e Cactus. Sob a janela da sala, espécies inusitadas se confundem com objetos de coleção e obras de arte. É o caso da planta-jade (Crassula ovata) e dos cactos expostos sobre a mesa de canto. COMO CUIDAR: plantas suculentas, como estas, precisam de pouca água e manutenção. Apenas precisam de um local iluminado e ventilado. Regue apenas uma vez por semana e, sempre que possível, exponha ao sol direto.

Espada-de-são-jorge. Com fama de espantar mau-olhado, a espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata) exposta neste cachepô de vidro de 10 mm de espessura, ganha um ar contemporâneo. COMO CUIDAR: cultivada à meia-sombra, a espécie não pode receber muita água. Regue no máximo uma vez por semana e leve para tomar sol direto todo mês.

Serissa. O arbusto asiático serissa (Serissa foetida) atinge 6 m de altura. Mas orientado como bonsai, pode medir somente 40 cm. Cultivada num vaso de cerâmica, a planta precisa ser regada todo dia e exposta ao sol por no mínimo duas horas. Adubos como farinha de osso e torta de mamona são os mais recomendados: aplique. COMO CUIDAR: a serissa adora calor a cada dois meses, alternadamente.

Aloe (1), Eufórbia (2) e Crássula (3).As plantas suculentas são charmosas e fáceis de manter. Os vasos têm argila expandida junto da terra e acabamento de cascas de árvore. COMO CUIDAR: Procure um local bem iluminado para as suculentas, carentes de sol e avessas a muita água. Regue somente uma vez por semana. Como elas ficam apenas úmidas, os cachepôs nem precisam ser vazados por baixo.

Vi aqui.

Comentários

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTenha um Jardim Vertical de baixo custo
Próximo artigoDicas de iluminação
Catarinense de nascença e paulistana de coração, admiradora da arte e decoração. Design é a minha profissão e paixão. Cresci cercada de exuberante natureza, mas foi no meio de uma selva de pedra que encontrei a minha verdadeira vocação.
  • Angela

    Crássula (3): esta planta além de ser muito bonita e decorativa serve

    como medicamento; meu pai usava para dores em forma de cataplasma…

    Mas elas embelezam qualquer lugar…