Clubes de futebol brasileiros buscam receitas até com moedas digitais

0
10
Clubes de futebol brasileiros buscam receitas até com moedas digitais
Crédito: pixabay.com

O São Paulo, apesar de não estar fazendo uma boa campanha no Campeonato Brasileiro, tem motivos para comemorar as suas novas parcerias. Segundo a diretoria de marketing do clube, o tricolor do Morumbi conseguiu triplicar a arrecadação com os patrocínios em relação ao ano passado.

Em julho o São Paulo Futebol Clube, tricampeão mundial e da Libertadores, teve o prazer de apresentar o maior patrocínio da história do clube, com a plataforma de apostas Sportsbet.io.

Serão R$ 87 milhões de reais até 2024, sendo R$ 15 milhões em 2021 e R$ 24 milhões anuais reajustados a partir de 2023.

Como é de praxe nos dias de hoje existem variáveis no contrato sendo a outra parte fixa. A Sportsbet.io pagará 10 reais por cada nova adesão a sua plataforma originada do patrocínio ao São Paulo.

Também estão envolvidas premiações por metas atingidas nas competições: o título da Libertadores em 2021 renderia R$ 700 mil e na de 2022 a conquista poderá render um bônus de R$ 1,7 milhão. A Copa do Brasil, deste ano terá bônus de R$ 150 mil e na próxima edição R$ 550 mil.

A Sportsbet.io terá sua marca exposta na parte frontal e nas costas da camisa da equipe principal, na camisa da equipe feminina e no basquete.

Outro patrocínio ocupará o espaço no ombro da camisa, será da Roku, uma empresa de dispositivos que dão acesso a plataformas de streaming. O contrato com a Roku é válido por um ano e renderá ao São Paulo US$ 1 milhão de dólares, ou seja, pouco mais de R$5 milhões de reais.

Com esses patrocínios o São Paulo apresenta até o momento em sua camisa seis patrocinadores. O Cartão de Todos, ABC da Construção e Cimentos Cauê com suas marcas no calção. A Gazin fabricante de colchões, a recém-chegada Sportsbet.io e a Roku na camisa. Para fechar a cota o tricolor do Morumbi ainda pode comercializar as mangas da camisa.

Este ano o São Paulo resolveu fazer profundas alterações em seu programa de sócio-torcedor que havia sido uma das principais promessas de Julio Casares na sua campanha para a presidência do clube.

Com as mudanças sofridas o torcedor encontrará pacotes mais acessíveis, novas opções e benefícios bem vantajosos.

Já era hora de dar uma reviravolta nessa situação, depois do sucesso obtido tempos atrás com seu programa de sócio-torcedor, o clube assistiu a uma debandada geral de seus assinantes.

Após um levantamento feito pela Diretoria tricolor chegou se a conclusão que era necessário dar mais atenção aos sócios que não residem em São Paulo.

Conforme informações do próprio site oficial do programa 69,4% dos torcedores ativos moram no estado de São Paulo, a seguir no Paraná com 4,5%, Minas Gerais com 3,4%, Santa Catarina com 2,3% e Bahia e Distrito Federal ambos com 2,2%.

Esses sócios terão um preço diferenciado e garantia de compra para que possam planejar sua viagem a São Paulo para assistir uma partida.

Com essas e outras mudanças o panorama do sócio-torcedor tricolor mudou radicalmente, passando de 15.100 sócios para 26.300 sócios ativos.

Tal como outras equipes nacionais e internacionais o tricolor do Morumbi também terá sua criptomoeda ou Fan Token. Afinal, essa é uma tendência mundial e precisa ser adotada pelo clube.

Essa ideia tem tido enorme sucesso desde que clubes como o Atlético Mineiro, Flamengo e Corinthians aderiram à plataforma Socios.com. Os Fan Tokens (FTOs) são criptomoedas digitais que permitem aos torcedores além de investir, também participar em experiências do clube através dos programas de sócio-torcedor.

A Socios.com é a plataforma internacional que tem sido utilizada pelos nossos clubes e também equipes de todo mundo como o Paris Saint-Germain, Juventus, Roma, Atlético de Madrid entre outros.

A Sócios.com disponibiliza o aplicativo que conecta o clube com sua base de torcedores para efetuar a venda do seu token Chiliz (CHZ).

Os clubes determinam o valor inicial e quantidade de tokens a ser emitido. O torcedor através da aquisição dos Fan Tokens terá uma experiência única ao interagir com seu clube e até mesmo com os atletas.

Isso pode significar ofertas de produtos e serviços, descontos nos ingressos, escolha de novos uniformes e inclusive escolha das músicas tocadas nos estádios.

O torcedor tem a possibilidade de investir o seu dinheiro, claro que sem a garantia de um retorno já que é um investimento de risco e ajudar o seu clube a arrecadar valores que podem ser redirecionados a novas contratações para a equipe.

O São Paulo FC vive uma situação financeira bastante problemática com uma dívida de mais de 600 milhões de reais. Além desse valor existem pagamentos pendentes com vários jogadores, inclusive com alguns que não pertencem mais ao elenco, como Hernanes e Dani Alves.

Com o empenho que a Diretoria vem tendo na questão dos patrocínios parece que existe uma luz no fim do túnel e a tendência para 2022 parece ser melhor.