Saiba mais sobre a psicóloga que acredita que as mulheres devem ser doidas – Toda mulher está pronta para se libertar da normalidade de uma vida estressada, apressada, ansiosa, e descobrir caminhos para realmente se libertar. Em tempos tão desafiadores, com um volume de lives, conteúdos e uma cobrança em ser produtivo na quarentena, a psicóloga Cris Linnares busca ressignificar a palavra “doida” com sua nova obra, “Doidas no Divã“.

Como tantas mulheres, acabei desenvolvendo tantos papéis que o mais importante eu acabei esquecendo – ser eu mesma“, relata Cris. No livro, a autora afirma que viveu na pele os sentimentos mais sombrios de síndrome do pânico e depressão, e é sendo muito verdadeira ao assumir que se perdeu de sua essência. “Me olhava no espelho e só encontrava fragmentos de mim mesma. Busquei ajuda profissional, e o que encontrei foi a frase – “ser depressiva é normal” – daí o questionamento – se esse é o normal, então quero ser doida“, conclui Cris.

Em metáforas, a obra traz pensamentos que cercam toda a narrativa, entre eles um dos contatos da autora com a Bíblia – presente de sua avó – e sua conexão com a história de Moisés. E mais, como seria se Moisés fosse mulher? “Foram tantos medos, inseguranças, mas quando estamos conectados com nossa verdade, aconselho que sigamos os passos“, relata Cris.

A psicóloga Cris Linnares, autora de ‘Doidas no Divã’ | Crédito: Divulgação

A obra veio para revolucionar não apenas conceitos do universo feminino e sim, convidar para uma revolução em sua mente e paradigmas. Conceitos desenvolvidos por sua constante busca de informação, e um diálogo profundo consigo mesma, a chegaram à metodologia C.R.A.S.Y. (Cansar, Reconhecer, Assumir, Seguir e Yes). Essas etapas podem e devem ser implementadas por qualquer mulher, em qualquer estágio, que serão libertadoras.

Entre os melhores insights da obra, destacam-se a nomeação aos três pensamentos prisioneiros – sim, eles aprisionam o destino e a mente de mulheres, e foram sentidos na pele por Cris: o perfeccionismo, a preocupação e a procrastinação. “É possível se libertar desses três pensamentos e criar uma vida mais autêntica e verdadeira. O resultado, possivelmente, é você ser chamada de louca“, se diverte Cris.

Sobre Cris Linnares

Cris é psicóloga especializada em mulheres há mais de 20 anos. Palestrante internacional, mãe doida de cinco e autora da aclamada comédia e best-seller “Divas no Divã”. Com apenas 23 anos, ela escreveu, produziu e atuou numa comédia voltada ao universo feminino, Divas no Divã. A peça que começou em um pequeno teatro no interior de Mogi das Cruzes, ficou em cartaz por 15 anos em teatros como o TBC, Ruth Escobar, entre outros e se tornou a comédia feminina, livro best-seller e DVD de teatro mais vendido no Brasil.

Uma das grandes vozes da psicologia da mulher, Cris é a única brasileira nomeada pela revista Glamour americana como uma das 50 heroínas dos Estados Unidos pelo seu trabalho com saúde mental e empoderamento feminino, e foi convidada a compartilhar sua história e trabalho pioneiro em dois TEDxtalk, a conferência dos maiores pensadores do mundo. Criou nos EUA a ONG Woman’s Impact e no Brasil, parte da renda do livro “Doidas no Divã” será destinada à ONG Recomeçar, que apoia mulheres e crianças em situação de extrema vulnerabilidade, que dá todo suporte para uma nova vida, mais digna e justa.

Com cursos de aprofundamento em Terapia Cognitiva pela Universidade de Harvard, e Estudo da Mulher pela Universidade da Califórnia, atualmente, Cris ministra suas palestras e treinamentos divertidos e transformadores para mulheres, adolescentes e empresas no mundo todo.

Ativar Notificações
Receber notificação de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários