Fim de semana decisivo para o Milwaukee Bucks

Apesar de estar ainda em sua fase inicial, os jogos já começam a ficar emocionantes e todo mundo já começa a fazer suas apostas na NBA. Os melhores times já começam a despontar e o Milwaukee Bucks, time da cidade de Wisconsin, no leste americano, é um deles. O Milwaukee Bucks vive o seu melhor momento na NBA. Vice-líder da Conferência Oeste com 15 vitórias e sete derrotas, o time de Wisconsin quer se manter entre os líderes e para isso terá que encarar um desafio supremo neste fim de semana. A equipe da região central americana vai enfrentar o atual campeão Golden State Warriors e o melhor time da competição até aqui, o Toronto Raptors. Duas vitórias podem deixar a equipe de Milwaukee em situação confortável na tabela.

O primeiro desafio é contra o Golden State Warriors, na madrugada de sexta para sábado, 7 para 8 de dezembro, às 0h30. A partida será disputada no Fiserv Forum, em Milwaukee. O confronto é muito esperado pelos donos da casa, já que uma vitória sobre os atuais campeões confirmaria a grande fase do time. Os números empolgam os torcedores do Bucks. Dentro do seu ginásio foram 13 jogos e 11 vitórias, 85% de aproveitamento.

Um talento grego

Giannis Antetokounmpo

O bom momento chega junto com o bom momento da sua principal estrela, o pivô Giannis Antetokounmpo. O grego, eleito o melhor jogador do mês de novembro, tem sido um fenômeno nos primeiros jogos da temporada. Com médias incríveis, ele está liderando o forte Milwaukee Bucks na disputa pelas melhores posições da Conferência do Leste. Seu maior objetivo é manter a equipe no topo, mas o excelente desempenho em quadra já o qualifica para ser MVP (melhor jogador da temporada) com apenas 23 anos. O jogador começou a temporada voando, mostrando ainda mais evolução, aumentando número de rebotes, assistências, mantendo mais de 25 pontos de média. Fique de olho neste craque, capaz de fazer jogadas incríveis como Michael Jordan.

O perigo está do outro lado

Kevin Durant

O Golden State Warriors pode não estar vivendo um dos seus melhores momentos, foram 16 vitórias e nove derrotas e a quarta colocação da Conferência Oeste, mas continua sendo um time perigoso, com muitas estrelas em seu elenco. O atual campeão tem como seu destaque o ala-pivô Kevin Durant. Durant tem números impressionantes na NBA. Ele é considerado um dos melhores da posição. Não é por menos, só nesta competição, o jogador está com uma média de 30 pontos por jogo. Já com 30 anos, Duran não pretende parar tão cedo e merece uma marcação especial do Milwaukee.

Stephen Curry

Além de Durant, outro jogador dispensa apresentações. Stephen Curry é um dos maiores astros da NBA. O jogador, destaque dos últimos títulos do Golden State, está mais “discreto” este ano devido ao afastamento das quadras por mais de 20 dias devido a uma lesão no joelho, mas ninguém pode subestimar o cara. O armador do Warriors já aprontou diante do Atlanta Hawks. Só no primeiro período, o jogador fez 18 pontos sem errar nenhum arremesso, um a mais que o adversário, que fez 17. Curry fechou o jogo contra o Hawks com 30 pontos e vitória de 128 a 111. No último jogo, contra o Detroit Pistons, o armador do Warriors mostrou que começa a voltar a sua melhor forma ao marcar 27 pontos.

Nova pedreira no domingo

Kawhi Leonard

No domingo, dia 9, é a vez de encarar o melhor time da competição até aqui, o Toronto Raptors. Dono da melhor campanha com 20 vitórias e apenas cinco derrotas, o time do Canadá quer manter o bom momento, principalmente dentro de casa. O confronto será na Scotiabank Arena, em Toronto, às 21h. O destaque da equipe é o ala-armador Kawhi Leonard, com uma média de 25,6 pontos por jogo. Em casa, o Raptors venceu 10 jogos e perdeu apenas 3.

O desafio não será fácil para o Milwaukee, que até não tem um retrospecto ruim jogando longe de seu ginásio. Nesta temporada, a equipe venceu quatro partidas e perdeu cinco. Dependendo do resultado contra o Golden State, uma vitória sobre o Raptors pode colocar o Bucks na liderança da Conferência Leste.

Entenda como funciona a classificação

Vale lembrar que os oito primeiros colocados de cada conferência avançam para os playoffs. A fase eliminatória é disputada entre equipes da mesma conferência, ao contrário da primeira fase, quando a um “cruzamento” de adversários. Os dois campeões de cada conferência se enfrentam na final da NBA, em um melhor de sete partidas.