Seriados que foram muito além das telas

Existem seriados que se tornaram verdadeiros fenômenos mundiais indo muito além das telas.

Seriados que foram muito além das telas
Fonte Unsplash

Desde que as plataformas de streaming passaram a fazer parte de nossas vidas que filmes e séries passaram a estar acessíveis à maioria das pessoas.

A plataforma de streaming Netflix tem o seu terceiro maior mercado no Brasil o que mostra como esta plataforma está presente nas vidas dos brasileiros e que não é de estranhar que o país acompanhe os grandes fenômenos mundiais.

Neste artigo vamos reunir algumas séries cujo sucesso foi muito além das telas e passaram a ser consideradas verdadeiros fenômenos mundiais.

La Casa de Papel

A série espanhola que vai estrear brevemente a sua 5ª temporada é um verdadeiro fenômeno de popularidade no Brasil e no mundo, sendo a série não-inglesa mais assistida de sempre na plataforma Netflix.

Ainda que seja expectável que as séries tenham mais ou menos sucesso em cada pais, a verdade é que a Casa de Papel parece agradar a todas as pessoas, talvez pelo seu roteiro surpreendente onde dá especial atenção a marginalizados da sociedade causando identificação com quem assiste.

O sucesso da série original fez com que produções locais vissem uma oportunidade de criar as suas séries já que La Casa de Papel veio quebrar um pouco a ideia de que para ter sucesso uma série teria de ser produzida na língua inglesa.

Além disso, outros nichos de mercado entenderam que o sucesso da série poderia ser suficiente para outros segmentos, como a Mebo que lançou o jogo de tabuleiro cujo objetivo é sair da Casa da Moeda em 60 minutos, ou na colaboração entre Rainbow Six Siege com a Netflix que criaram um jogo que simula o assalto mostrado na série.

O sucesso da série não se expande apenas para o segmento dos jogos, também as empresas ligadas ao mershandising como a Unkind apostaram em lançar diversos produtos relacionados com esta série, inclusive os fatos e máscaras usados pelos protagonistas.

Game of Thrones

Este é outro verdadeiro fenômeno. Game of Thrones conta com 8 temporadas, vencedores de prêmios Emmy e são considerados por muitos como uma das maiores histórias de sucesso da cultura pop que vai muito além das telas.

Esta série surge de uma adaptação dos livros de George R.R. Martin e rapidamente conseguiu uma verdadeira legião de fãs.

As razões para o tamanho sucesso desta série são diversas, mas a que salta à vista é a produção que consegue fascinar o público com réplicas realistas das montanhas de gelo gigantes e dos dragões que conseguiam transportar o público para aquele tempo.

Esta produção só se consegue com grandes investimentos, e segundo algumas notícias a cada episódio da série eram gastos US$15 milhões, além de serem gravados episódios em diversos locais do mundo como Marrocos, Croácia, ou Malta.

Apesar de alguns fãs da série não terem ficado especialmente satisfeitos com o final, Game of Thrones não deixou ninguém indiferente, muito menos outras indústrias que perceberam rapidamente que poderiam se beneficiar com o sucesso da série nos seus segmentos de atuação.

Todas as empresas ligadas ao mershandising entenderam que produtos da série prometeriam grande sucesso, criando assim desde canecas do Rei Joffrey, fantasias que permitem se vestir como Cersei, ou até colecionar bonecos e figurinhas das personagens.

Também grandes empresas ligadas ao setor dos jogos de cassino como a Microgaming perceberam que Game of Thrones era um ótimo exemplo para ser utilizado em jogos populares como os caça-níqueis facilmente adaptáveis com símbolos da série.

As plataformas online de que disponibilizam de forma gratuita os caça-níqueis de Game of Thrones mostram inclusive que foram criadas diferentes versões do jogo mostrando a sua popularidade entre jogadores.

Esta série é um belo exemplo de como histórias de fantasia medieval também podem ter um público fiel e serem um sucesso em diversos nichos de negócio.

Bridgerton

Esta é uma série do ano 2020 que se tornou a série mais vista da plataforma Netflix, ultrapassando inclusive La Casa de Papel que falamos acima.

É uma série baseada nos livros de Julia Quin e um dos motivos pelos quais se tornou tão popular por retratar a vida de famílias da realeza da alta sociedade na Inglaterra no início dos anos 1800.

A plataforma Netflix considera criar uma convenção de fãs e jogo da série o que decerto vai impulsionar também empresas de outros nichos a lançarem produtos sobre Bridgerton.

Além disso, já foi até criado um jogo de RPG inspirado na série com o nome ‘The Social Reason’ e pode muito bem se tornar no próximo sucesso na categoria de games RPG.

Estes são apenas alguns exemplos de como séries se podem tornar verdadeiros fenômenos em diferentes segmentos de mercado em todo o mundo.

Recomendados para você

Relacionados