A paranaense Priscila Lini poderia ser Miss Brasil Universo, World ou Terra se não fosse um pequeno detalhe: ela é casada. Por esta razão, a bela que é esposa de Kassim Ahmad Omar Ali, tem 27 anos e é natural de Foz do Iguaçu, foi coroada Mrs. Brasil 2013, em concurso que elege a mais bela mulher casada do país.

Priscila também é funcionária pública federal, professora universitária, graduada em Direito pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná e está em plena preparação para representar o Brasil na etapa mundial do concurso, o Mrs. Universe 2013, que acontece de 04 a 12 de agosto no hotel Westi Inn Aruba. O desfile será no dia 11 de agosto. E já em 10 de julho começa a votação pela internet (assim que estiver disponível publicarei o link).

Engana-se quem pensa que o Mrs. Universe se resume a um concurso de beleza para mulheres casadas. É um evento para mulheres modernas que, além de esposas, são bem sucedidas em suas carreiras e participam ativamente da comunidade onde vivem.

Criado pela advogada de Direitos Humanos, Sra. Medi Savova, o Mrs. Universo é disputado desde 2007 e sua sede se localiza na Bulgária. Além de desfiles tradicionais, o evento abriga discussões e debates sobre violência contra crianças e mulheres, por exemplo. Problema grave em todo o mundo, especialmente no Brasil onde a cada 15 segundos uma mulher é agredida, segundo dados do CFEMEA (Centro Feminista de Estudos e Assessoria).

Agora te convido a conhecer um pouco mais de nossa linda representante:

Priscila Lini

Priscina Lini
Foto: Nathan Anderson

1. Quando começou o seu contato com o mundo dos concursos de beleza?

PRISCILA LINI: Há um tempo atrás concorri no Miss Foz do Iguaçu e outros concursos aqui da região. Achei superdivertido, porque todos me consideravam a “nerd” da turma, e de repente estava nesse meio.

2. Quando decidiu participar do Mrs. Brasil, foi difícil controlar o ciúme do marido?

PRISCILA: Não houve ciúme, na verdade muito apoio. Ciúme é uma questão de postura de ambos – não dou margem para comportamentos inadequados e mantive a mesma rotina de sempre. Casamento exige o constante cuidado, é minha base sólida, jamais o poria em risco. Participei do Mrs. Brasil com todo o suporte do meu marido, faço questão que ele esteja sempre comigo e me acompanhe no máximo de atividades possíveis.

3. Qual foi a melhor parte até agora da experiência de ser Mrs. Brasil 2013?

PRISCILA: Ah, com certeza a possibilidade de representar o Brasil no Mrs. Universe, conhecer mulheres do mundo todo, participar de um concurso com um propósito, uma causa. É uma experiência de vida para levar para sempre.

4. E a parte mais difícil?

PRISCILA: Acredito que é transmitir o real significado do Mrs. Universe. Muita gente pensa que é coisa de esposas desocupadas, sustentadas pelos maridos para ficar em função de concurso de beleza, quando na verdade é um concurso voltado às mulheres da vida real, que se desdobram para trabalhar, estudar e dar conta de tantas coisas. Ainda tem o peso de representar o país, de fazer o melhor possível para mostrar uma imagem positiva do Brasil lá fora.

5. Como está sua preparação para o Mrs. Universe?

PRISCILA: Estou controlando muito a alimentação, fazendo tratamentos de pele e cabelo, ensaios de passarela, providenciando os trajes… Mas o que estou me dedicando mais é estudar para o Fórum de Combate à Violência Doméstica (Domestic Violence Hurts Everyone), um momento decisivo no Mrs. Universe, em que as representantes do mundo todo discutem as ações praticadas em seus países para a prevenção e combate à violência contra a mulher.

Priscina Lini
Priscina Lini com o marido Kassim Ahmad Omar Ali (à esquerda) e com o preparador e mago das misses, Evandro Hazzy (à direita)

6. Você é funcionária pública federal, professora universitária e Mrs. Brasil. Como consegue conciliar tudo?

PRISCILA: Planejamento e disciplina! Meu dia é praticamente cronometrado e super planejado, às vezes queria que tivesse umas horinhas a mais…

7. O que você gosta de fazer no seu tempo livre e o que teve de abdicar por conta das carreiras?

PRISCILA: Meu tempo livre é todo para a família – procuramos passar boas horas juntos, fazer um passeio, um bom jantar. Acho que a maior limitação que a carreira impõe é adiar um pouquinho a maternidade, porque quando me tornar mãe, quero poder me dedicar plenamente – o que agora é praticamente inviável.

8. Quem é sua inspiração e por quê?

PRISCILA: Cresci em uma família muito feminina, cercada por irmãs, mãe, avós, primas… São elas que me inspiram, com elas aprendi o cuidado com a beleza e a importância dos vínculos afetivos. São minhas referências.

9. Compartilhe um segredo de beleza com as leitoras.

PRISCILA: Aceite seu biotipo, encontre seus pontos fortes e cuide do corpo com carinho e zelo. Me alimento conforme um plano nutricional elaborado pela nutricionista funcional Ana Paula Karam, faço drenagem linfática, e como tenho a pele muito clara, uso bloqueador solar FPS 50 religiosamente.

10. Para terminar, que conselho você daria para as mulheres que sonham participar de concursos de beleza?

PRISCILA LINI: Seja disciplinada, dedicada e não perca o foco nos estudos. Estudar não lhe impede de ter sucesso numa carreira ligada à moda e beleza, na verdade ajuda muito. Beleza física vai embora com o tempo, o conhecimento fica para sempre.

COMPARTILHAR