Bomba no Miss Mundo Brasil 2015. Após a Miss Sergipe ter sido eleita na noite de sábado, 27 de junho, boatos que ela seria casada começaram a circular pelas redes sociais. Foi então que o jornal carioca ‘Extra’ publicou a informação de que ela é mesmo casada com o modelo e ator belga Tanguy Backer. O casamento foi na Bélgica e não teria validade no Brasil, porém os trâmites para a homologação por aqui já estaríam em andamento.

Henrique Fontes, organizador do Miss Mundo Brasil, confirmou que o casamento fere o regulamento e declarou: “Avisamos a organização internacional e temos duas opções a dar a ela. Ou desiste da homologação e fica com o título, já que o casamento de fato não vale legalmente no Brasil, ou entrega a faixa e a coroa”.

A decisão naturalmente não poderia ser outra senão assumir e desistir. Na segunda-feira, 29 de junho, veio a confirmação: Catharina Choi Nunes, Miss Ilhabela (e que já era uma das grandes favoritas, terminando na segunda colocação) está oficialmente confirmada como a Miss Mundo Brasil 2015 e representará o país no Miss Mundo, em dezembro, na China.

Catharina Choi Nunes

A bela é modelo, tem ascendência coreana, 1,77 m de altura, foi apresentadora de televisão na Coréia do Sul durante dois anos e fala inglês fluentemente.

Infelizmente, Ana Luísa, e não Catharina, havia sido coroada pela bela Julia Gama (aliás, uma belíssima coroa banhada em ouro branco, com pedras de ametista e zircônia, avaliada em 7 mil reais; criação da empresária e designer Shirlei Kerber).

Catharina agora começa a se preparar para o Miss World, que é conhecido como o maior concurso de beleza do mundo. Este ano acontecerá em dezembro, na China. Será que uma Miss Brasil com traços orientais pode ajudar o Brasil a ganhar o título? Provavelmente sim. Torcemos para isso.

Leia a nota de esclarecimento enviada por Ana Luísa Castro

“Anteriormente a minha candidatura ao concurso Miss Mundo Brasil, informei ao meu coordenador estadual sobre a união com Tanguy De Backer na Bélgica, união esta que está em processo homologação tanto na Bélgica quanto no Brasil.

Com a orientação e informação dada pelo meu coordenador estadual de que a organização do concurso estava ciente e de acordo com a minha candidatura, segui em frente com toda a minha dedicação e esperança como representante de Sergipe no Miss Mundo Brasil. Infelizmente, não era o caso. Só após a coroação isso me foi revelado.

Esta homologação pode se dar em um futuro próximo, o que poderia causar problemas para mim e para o concurso nacional. Por isto, é através dessa nota que entrego a coroa e o título a vice Miss Mundo Brasil, com grande tristeza no coração. Asseguro que em nenhum momento agi de má fé. Espero manter o contato e amizade com a organização do Miss Mundo Brasil e que a segunda colocada possa assumir e honrar este título com a mesma intensidade que o fiz nesse curto período de tempo.”

E leia na integra o pronunciamento de Henrique Fontes:

Passado um mundo de acontecimentos em pouco mais de 48 horas, consigo finalmente respirar e dizer o que tenho vontade e acho necessário.
1- Ninguém da organização do concurso, e quando digo NINGUÉM, é ninguém MESMO, sabia sobre o estado civil da Ana Luísa Castro até a manhã de domingo, dia 28/6, quando uma das candidatas me comentou a “fofoca” que rolava nos bastidores. Na hora me faltou o chão e fui direto conversar com a Ana.
2- Ana então me disse: “No Brasil ainda não, mas na Bélgica sim e o Fabiano Araújo me garantiu que vocês estavam cientes, senão eu nem teria participado”. A verdade é: Fabiano jamais nos disse nada. Nem ele, nem ninguém.
3- Um tempo antes da Ana ter sido apresentada pelo Fabiano como Miss Mundo Sergipe 2015, ele me fez a seguinte pergunta (graças a Deus tenho essa conversa gravada e pude mostrá-la a Ana e ao seu marido): “Se uma candidata que tem uma união feita em outro país, mas ela tem a certidão de nascimento, e não é casada na igreja e no civil no Brasil, ela pode participar?”. Respondi: “O casamento nunca foi reconhecido no Brasil?”, e ele, “Não”. “Onde ela é casada?”. “Na China, na verdade não é um casamento como de costume, é uma união”. E ainda perguntei: “É a Marjorie?”. “Não, não. É uma dúvida de uma moça que veio falar comigo para participar”. E a conversa termina comigo dizendo: “Se o governo brasileiro não reconhece, ela é solteira aqui. Isso eu sei porque trabalhei no Consulado do Brasil em Miami durante 7 anos”. E ponto final. Nunca mais se tocou nesse assunto.
4- Tempos depois, Ana foi anunciada como Miss Mundo Sergipe. O que teria ela a ver com união na China? O coordenador de Sergipe jamais associou o nome da candidata anunciada como representante do estado com o assunto anteriormente discutido.
5- Sobre a minha resposta à indagação do Fabiano, antes do anuncio da Ana: no domingo, no mesmo instante em que eu soube do ocorrido, entrei em contato com Londres. A resposta do Miss World foi: “Se ela é solteira pelas leis do seu país, não há problema”. Aliviado, comuniquei a Ana e ao Fabiano. Ou seja, o que eu havia passado para ele de forma genérica, sem saber da Ana, era de fato dentro do permitido.
6- Foi então que Ana me disse: “O problema é que o processo de reconhecimento no Brasil já está em andamento e pode sair em alguns meses”. Minha reação imediata foi: “Fabiano, você sabia disso??”. A resposta foi, “Sim, mas eu imaginei que ela pudesse cancelar se vencesse”.
7- Voltei a falar com Londres e de fato lhe foi dada esta opção. Ana e o esposo optaram por não cancelar o processo, especialmente por todos os problemas que ambos já enfrentaram para estarem juntos.
8- Quero lembrar a todos, que a Miss Mundo MT desse ano depois de coroada confessou ser divorciada. Nesse mesmo momento fui muito franco explicando que ela não poderia concorrer. A moça renunciou e como todos sabem MT não se fez presente na edição de 2015 do Miss Mundo Brasil. Porque aceitaríamos uma candidata com processo de homologação de casamento no Brasil se soubéssemos do fato?
9- De todas as formas, o casamento ainda não foi homologado, e sendo assim, Ana participou licitamente do Miss Mundo Brasil, ou seja, solteira em solo nacional. Venceu e renunciou ao título. Isso significa que as colocações continuam inalteradas no concurso. Ana venceu e renunciou, Catharina Choi Nunes assume o seu posto. Mas quem ficou em terceiro segue em terceiro lugar, quem ficou em décimo, segue em décimo, quem foi semifinalista, foi semifinalistas, quem não foi, não foi. PORÉM, apesar de ter se classificado em terceiro lugar, a Paula Gomes é a nova vice-Miss Mundo Brasil, que assumiria o título caso a Catharina tenha algum impedimento.
10- A Miss Piauí Maria Candida assume o título de Miss Mundo Nordeste pelo fato de que em meses Ana será declarada casada e não poderia ostentar qualquer título mais. É simples. De resto, sua participação não tem por que ser anulada. Foi Miss Mundo Brasil por 2 dias e renunciou.
11- Minha opinião sobre essa regra? Apesar da palavra “miss” significar senhorita, os tempos são outros. Hoje uma mulher pode trabalhar, viajar e ao mesmo tempo ter um marido e até filhos. Quantas não passam por isso? Eu Henrique Fontes mudaria essa regra, mas respeito as regras do concurso internacional. Vou sugerir a mudança para o futuro, mas seguirei acatando o que o regulamento manda.
12- Ter a Ana como Miss Mundo Brasil teria sido uma grande honra. Em todos os momentos demonstrou ser acima de tudo um ser humado iluminado. Graças a Deus Catharina se encaixa na mesma categoria, e temos a certeza de que qualquer uma das duas representaria o Brasil de forma impecável no Msis World e durante o seu ano de reinado. Vamos com tudo com a preparação da Catharina.
13- Gosto de acreditar que o Fabiano não agiu de má fé. Mas como já disse a ele em situações anteriores, a comunicação mal feita pode ser fatal. Um problema ou uma situação complexa deve ser enfrentado de frente e com todas as letras. Não com meias palavras, porque uma hora a bomba explode.
14- Muitos me perguntaram: Porque vocês demoraram tanto em anunciar a mudança? E pergunto a essas pessoas: Demoramos tanto?? Será que as pessoas têm noção da gravidade e complexidade do assunto, de que passamos todos nós, o domingo inteiro, trocando ideias entre as partes, com advogados, Londres, estudando possibilidades? Será que as pessoas entendem que haviam seres humanos e um turbilhão de sentimentos envolvidos?? Para os que não são capazes de compreender, lamento. De resto, fico imensamente grato a Ana e Catharina por terem sido tão espetaculares, sensatas e sensíveis durante todo esse processo.
15- O Programa Encontro com Fátima Bernardes nos procurou no domingo sem saber de nada. Queriam a presença da Miss Brasil negra eleita, um fato ainda raro no nosso país. Ou seja, não nos aproveitamos de nada, não fizemos sensacionalismo. Todo o desfecho aconteceu naturalmente.
16- Catharina é recebida de braços abertos por todos nós e a Ana segue tendo todo o nosso carinho e respeito. Sempre que possível estará junto consoco de uma forma ou de outra.
E foi assim, sem tirar nem por, que tudo aconteceu. E vamos em frente, de cabeça erguida com a consciência de ter feito o que era correto.

O Miss Mundo, apesar de não receber tanto destaque por aqui, é o preferido principalmente na Europa, já que o Miss Universo parece privilegiar as Américas, como bem disse a Miss França, Camille Cerf. E isso não é mera reclamação de quem perdeu. Basta olharmos para as vencedoras…

De qualquer forma são eventos diferentes. O Miss Mundo parece privilegiar mais a beleza de rosto e os projetos sociais, ao contrário da versão Universo.

Prova disso foi a decisão de Julia Morley, presidente do concurso, de acabar com o desfile de biquíni. Ela declarou o seguinte:

“Eu não preciso ver as mulheres andando de biquínis para cima e para baixo. Isso não representa nada para a mulher. E não representa nada para nenhum de nós.”

Imediatamente após este anúncio, Henrique Fontes, diretor geral da MMB Fontes (organização responsável pela franquia Miss Mundo Brasil), disse que faria o mesmo; e fez. Não tivemos desfile de biquíni na edição 2015 do Miss Mundo Brasil, apesar das candidatas terem posado para ensaio oficial de biquíni.

Mas nesta edição especificamente eles resolveram “misturar” e transmitir ao mesmo tempo O Miss Mundo Brasil e o Mister Brasil, o que deixou o evento extremamente longo e confuso.

Enquete Miss Mundo Brasil 2015

Perguntamos sobre a decisão de acabar com o desfile de biquíni. A grande maioria dos leitores que votaram, não aprovaram.

Enquete Miss Mundo Brasil 2015

Candidatas a Miss Mundo Brasil 2015

E aqui estão as 37 belas candidatas que participaram do Miss Mundo Brasil 2015:

Miss Mundo Brasil 2015: O Concurso

O concurso segue o padrão dos demais. As misses chegaram em Santa Catarina uma semana antes da grande final, e se dedicaram às diversas atividades: eventos, entrevistas, fotos oficiais, etc; onde foram avaliadas constantemente pelos jurados técnicos escolhidos pela organização.

No caso específico do Miss Mundo Brasil foram realizadas também algumas etapas que valeram pontos para a final. Pontos estes que ajudam a definir o TOP 20 (na verdade foi 19 e cerca de 20 minutos depois o apresentador corrigiu o erro dizendo que havia esquecido de uma, que no caso foi a Miss AM).

Enfim, essas etapas basicamente foram: Prova de Talento, Prova de Esportes e o Beleza com Propósito, que é a apresentação do projeto social da candidata.

Na grande final as belas desfilaram em trajes casual e de gala.

Diversos prêmios foram dados; entre eles: Melhor Pele, Miss Fotogenia etc. Confira o resultado final do Miss Mundo Brasil 2015 de sábado, já que na segunda-feira tudo mudou:

1º lugar: Ilhabela, Catharina Choi Nunes
2º lugar: Mato Grosso do Sul, Paula Gomes
3º lugar: Rio Grande do Sul, Laís Berté
4º lugar: Distrito Federal, Thainá Magalhães
Sergipe, Ana Luísa Castro (RENUNCIOU)

Completaram o TOP 10:

Espírito Santo, Nathália Pinheiro
Ilha de Marajó, Nathália Lago
Minas Gerais, Júlia Horta
Rio de Janeiro, Viviane Soares
São Paulo Capital, Marjorie Rossi

Completaram o TOP 20:

Amapá, Jade Davis
Amazonas, Mayra Dias
Goiás, Monalisa Carneiro
Ilha dos Lobos, Jéssica Lírio
Jurerê Internacional, Juliana Policastro
Pampa Gaúcho, Andrieli Rozin
Pará, Mara Angela Nunes
Piauí, Maria Cândido (Miss Popularidade – a mais votada pela internet)
Santa Catarina, Clóris Ioanna Junges
Trindade e Martim Vaz, Larissa Diniz Dienstmann

Outras premiações:

Vencedora do Beleza com Propósito: (DF) Thainá Magalhães
Miss Fotogenia: (SP Capital) Marjorie Rossi
Miss Desafio Esportivo: (MS) Paula Gomes
Miss Elegância O’Blanc: (MS) Paula Gomes
Pele mais bonita: (Pampa Gaúcho) Andrieli Rozin
Melhor Rosto: (Ilhabela) Catharina Choi Nunes
Sorriso mais bonito: (CE) Maria Theresa Carvalho
Miss Health & Fitness: (BA) Monique Morais
Miss Talento: (ES) Nathália Pinheiro

E é isso. Este foi o tumultuado Miss Mundo Brasil 2015. Agora é desejar muito boa sorte para que Catharina Choi nos represente bem na etapa mundial, na China. Gostou do desfecho?