Minimalismo e outras tendências de rebranding na identidade visual

No campo da identidade de marca há múltiplas tendências que podem ser integradas.

As empresas e a sua identidade de marca diferem de outras ofertas no mercado pela sua identidade de marca.

Minimalismo é uma tendência do design que, entre outras vantagens, oferece um discurso visual concreto com grande economia gráfica.

As marcas são distinguidas pelo público e pelos seus próprios clientes com base na sua imagem e identidade de marca.

Minimalismo e outras tendências de rebranding

Rebranding: O que é e o que necessita saber

De forma simples, o Rebranding é o processo de mudança da identidade da marca de uma organização. É uma estratégia de mercado de dar um novo nome, símbolo ou mudança no design de uma marca já estabelecida.

A ideia por trás do rebranding é criar uma identidade diferente para uma marca, em relação aos seus concorrentes, no mercado.

Há várias razões para uma empresa optar pelo rebranding. Um fator de destaque é a conexão com os clientes. Rebranding é bom para o negócio, mas ao mesmo tempo pode ser arriscado. Há sempre a possibilidade de que os consumidores não gostem da nova marca.

Há dois tipos de rebranding: um é pró-ativo e o outro é reativo. O rebranding pró-ativo é feito quando uma empresa reconhece que há uma oportunidade de crescer, inovar, explorar novos negócios ou clientes e reconectar-se com seus usuários.

Vamos entender com a ajuda de um exemplo – a Titan Industries mudou sua marca em 2013 e mudou o logotipo e o nome para Titan Company. O novo logotipo destacou o compromisso da empresa em “criar valor, inovar e manter os mais altos padrões globais“.

O rebranding reativo é feito em uma situação em que a marca existente foi descontinuada ou alterada. Possíveis razões para tal ação podem ser fusões e aquisições, questões legais, publicidade negativa, como fraude, com o objetivo de vencer a concorrência ou criar seu próprio nicho.

Vamos entender com a ajuda de um exemplo. Na sequência da revelação da fraude de 2009, Satyam Computer Service foi empurrado para a beira da falência. A empresa foi vendida à Tech Mahindra. Todo o processo foi ignorado pelas autoridades governamentais e a Tech Mahindra então rebatizou a empresa como ‘Mahindra Satyam’ e no ano de 2013, ela se fundiu com a Satyam Computer Services.

Agora que já sabe o que é o rebranding, perceba o motivo pelo qual a tendência do minimalismo é cada vez mais crescente.

O minimalismo no rebranding

Através de diferentes componentes exclusivos, as empresas e sua identidade de marca são diferenciadas do resto das ofertas no mercado por meio de um tom de voz que se torna distintivo e institucional, por uma frase ou cópia que se torna seu slogan e pelo design que existe em seu logotipo, bem como em sua tipografia e outros elementos distintivos da identidade da marca, sem mencionar o design do próprio produto e sua embalagem.

No campo da identidade de marca existem múltiplas tendências que podem ser integradas, que se adaptam aos tempos atuais e respondem às necessidades específicas do mercado.

Uma dessas tendências é o minimalismo e um exemplo recente de seu uso é visto com o rebranding do logotipo da Volkswagen e a nova identidade visual, um design que integra esse tipo de tendência.

A mudança foi anunciada com semanas de antecedência e a Merca2.0 conseguiu conversar com a Consuelo Minutti Laso, Diretora de Comunicação Corporativa da Volkswagen do México, sobre essa mudança.

Estamos a fazer mudanças de que precisamos por causa da era digital em que vivemos. Nosso logotipo atual não é muito gerenciável em aplicativos e outros aplicativos digitais, procuramos adaptar nosso logotipo e tipografia para novas mídias digitais para ser mais gerenciável“.

As regras do minimalismo para seus projetos de design

Minimalismo é uma tendência do design que, entre outras vantagens, oferece um discurso visual concreto com grande economia gráfica; conheça algumas de suas regras.

1. Agrupe o conteúdo visual do seu design por categorias, uma estrutura simplificada é fundamental para o minimalismo.

2. Identifique os elementos essenciais do seu projeto, pergunte-se se o projeto pode funcionar sem ele.

3. Descarte tudo o que sobrou, use apenas o que é necessário em seu projeto e certifique-se de que você é capaz de comunicar o que importa.

4. Integre apenas um conceito ou conteúdo visual ao seu design para que você não crie distractores.

5. Selecione um esquema de cores austero, não pense em mais de três cores.

6. Pense em um design básico desde o início do projeto até a sua conclusão. Ter um design básico irá ajudá-lo a separar o essencial do extra.

7. Maximizar o conceito de design através da simplicidade visual. Faça um efeito inverso: se a sua imagem for simples, ela será capaz de cobrir um número maior de conceitos.

8. Saiba mais sobre as diferentes tendências de minimalismo através da cor, do uso de pictogramas, etc.

Agora que já conhece esta tendência, já sabe como proceder no caso de querer mudar o seu branding.

COMPARTILHAR
Paulistano, radicado em Santa Catarina, apaixonado por tecnologia e informação. Em 1993 começou a trabalhar com design e diagramação; é Webmaster do Curiosando desde 2008.