Representante de São Paulo capital, Karen Porfiro foi eleita Miss São Paulo 2017, tornando-se a primeira candidata do Miss Brasil 2017. O segundo lugar foi para Bruna Zanardo, de Laranjal Paulista, enquanto Iamonike Helena, de Jales, fechou o top 3. A grande final do certame foi realizada em 25 de março, no Palácio das Convenções do Anhembi, na capital paulista, com transmissão ao vivo da BAND.

Além da vaga no Miss Brasil, Karen foi premiada com uma joia da grife Dryzun, um relógio da marca Bulova, uma viagem de sete dias para uma unidade Village do Club Med, além da cobiçada coroa cravejada com 500 cristais Swarovski.

2º e 3º lugares ganharam três diárias para uma unidade Village do Club Med além de um relógio da marca Bulova.

Karen, que foi Miss Minas Gerais em 2014, superou outras 19 candidatas para conquistar a coroa. E as seletivas que definiram essas 20 (não mais 30) candidatas finalistas aconteceram nos dias 11 e 17 de fevereiro; elas foram apresentadas em 21 de fevereiro e “confinadas” em 16 de março.

AVISO: Recebi via e-mail a imagem abaixo; trata-se de uma observação que consta na página 15 do Regulamento:
“IMPORTANTE: se você já foi Miss Estadual em algum concurso anterior licenciado pelo Miss Brasil Universo, fica proibida a participação nos futuros concursos Miss Brasil Universo representando outro Estado.”

Regulamento do Miss Brasil

Parece que a organização se manifestou, apenas para o site EGO, que pertence à Globo; afinal eles só respondem à quem julgam importantes, certo? E leia o que disseram:

“A organização do Miss Brasil Be Emotion explicou que o regulamento que está circulando na web é o do ano passado. Em 2017, algumas cláusulas foram revistas e retiradas, entre elas, essa em questão.
Agora uma Miss estadual pode concorrer depois por outro Estado, mas somente dois anos após sua vitória. Ela também precisa comprovar algum vínculo com o novo Estado que irá representar. No caso de Karen Porfiro, ela mora na cidade de São Paulo há dois anos.
O novo regulamento também determina que “a candidata que participar de um concurso estadual ou municipal e não for vencedora não poderá participar de outro concurso estadual Miss Brasil Universo no mesmo ano”. Uma candidata ao Miss São Paulo 2017 que não saiu vencedora não pode tentar, por exemplo, o Miss Minas Gerais 2017.”

Isso não confere. O regulamento estava claro e foi alterado apenas depois que toda a confusão se formou. Dezenas de pessoas capturaram a tela onde o trecho era claríssimo.

E o mais grave: pelo menos três respeitados coordenadores, que há muitos anos enviam candidatas ao concurso, se manifestaram confirmando ter e-mails da organização avisando que as regras que estavam valendo eram as mesmas do ano passado, e que o dito novo regulamento só foi alterado no dia seguinte ao Miss SP, quando a polêmica veio à tona.

Enfim, ao não reconhecer o erro, quem infelizmente deve pagar o pato será Karen Porfiro, que não deverá contar com grande parte da torcida que se sentiu enganada pelo erro e principalmente pela forma que este foi “corrigido”. Uma pena.

A data da grande final foi confirmada pela organização apenas no dia 02 de fevereiro, e esse adiantamento em relação ao ano passado parece que não foi muito bem comunicado entre a organização e os próprios coordenadores, já que impossibilitou a realização de diversos municipais, entre eles Ribeirão Preto que a princípio avisou que não enviaria candidata e apenas pela realização da segunda seletiva conseguiu enfim coroar representante a tempo.

Miss São Paulo 2017: Resultado oficial

Eis o resultado completo da edição 2017 do Miss São Paulo 2017:

Vencedora: (Município de São Paulo) Karen Porfiro
2ª colocada: (Laranjal Paulista) Bruna Zanardo
3ª colocada: (Jales) Iamonike Helena

Completaram o TOP 5 do Miss SP:

(São Sebastião) Isabela Burgui
(Tatuí) Isabela Cetraro

Completaram o TOP 8 do Miss SP:

(Itirapina) Marjorie Rossi
(Limeira) Giovana Ortiz Camolesi
(São Caetano do Sul) Stefany Salles

Completaram o TOP 12 do Miss SP:

(Águas de Lindóia) Brena Giovanska Mosna
(Jahu) Luisa Caleffi
(Ribeirão Preto) Marcela Araki
(São José dos Campos) Stephanie Pröglhöf

Outras premiações do Miss SP:

Vencedora do Desafio de Customização com Walerio Araújo e Cavalera:
(Limeira) Giovana Ortiz Camolesi

Miss Be Emotion (quem melhor se maquiou, escolhida por Saulo Fonseca)
(São José dos Campos) Stephanie Pröglhöf

Jurados do Miss São Paulo 2017

Estes foram os jurados que elegeram a Miss SP 2017, Karen Porfiro:

  • Alberto Hiar (fundador da Cavalera)
  • Alexandra Loras (ex-consulesa da França em SP e autora)
  • Astrid Fontenelle (jornalista e apresentadora)
  • Camila Lima (editora da revista Marie Claire)
  • Danilo Borges (Fotógrafo)
  • Kadu Dantas (especialista em lifestyle)
  • Marcos Proença (cabeleireiro)
  • Pathy Dejesus (DJ)
  • Samuel Cirnansck (estilista)
  • Walério Araújo (estilista)

Enquete do Miss São Paulo 2017

*E o resultado da nossa tradicional enquete sobre quem seria eleita Miss SP Universo Be Emotion 2017 foi:

Resultado da enquete Miss São Paulo 2017

*A votação do Curiosando não possui qualquer influência sobre o resultado
do concurso da Band/Be Emotion e serve apenas para entretenimento.

Ano passado, Polishop/Band já haviam antecipado o estadual em relação a edições anteriores, com o Miss São Paulo acontecendo no final de maio, e a seletiva no começo do mesmo mês. Será uma tendência de finalmente permitir um tempo maior para as vencedoras estaduais e consequentemente para a Miss Brasil no Miss Universo, como já cansam de fazer Venezuela, Colômbia, Estados Unidos etc…?

Bem antes de publicar este post, tentei (como sempre faço), confirmar algumas informações com a diretora da franquia Miss Brasil Universo, Karina Ades, mas infelizmente não obtive resposta. É estranho, mas não me retornaram nenhum dos últimos contatos que tentei, desde o ano passado. E infelizmente a assessoria de imprensa da Polishop só me repassa o contato da senhora Karina; gostaria de entender qual o problema em informar e divulgar os concursos. É como se a Globo desencorajasse sites que comentam e divulgam seus programas. Qual o sentido disso?

A edição passada do “Miss São Paulo Univer, ops, Be Emotion” já havia trazido algumas pequenas mudanças, como a coroação da vencedora em traje de gala ao invés de maiô, por exemplo, mas o formato em si é um tanto engessado então é difícil alguma inovação em relação a isso.

Tanto que as aguardadas “mudanças” que tivemos esse ano não agradaram muito. A organização divulgou nota com declarações de Karina Ades, onde pincei alguns trechos relevantes:

“Temos um poder fundamental no empoderamento das mulheres, na medida em que damos voz a elas, reforçando e valorizando as características femininas. Transformando a Miss em uma influenciadora, uma representante da sociedade”.

“O concurso ganhará disputas, que avaliam o desempenho com a moda, mas que também evidenciam a personalidade e a vivência de cada uma”.

A única novidade realmente interessante, em minha opinião, foi a presença das misses SP Francine Pantaleão (2012), Bruna Michels (2013), Fernanda Leme (2014) e Jessica Vilela (2015) que participaram da grande noite apresentando algumas atrações. Elas sim merecem destaque. Espero que o mesmo se repita este ano nos demais estaduais e no ano que vem, já com a presença de Karen Porfiro na etapa paulista.

Agora convenhamos, essa história de “empoderamento”, palavra da moda, num concurso de BELEZA parece ser uma tentativa de alavancar alguma divulgação (mesmo que eles não façam a mínima questão de divulgar nada para quem acompanha e cobre os concursos há muitos e muitos anos). Falam de mudar dinâmica, conceito etc, mas na hora trazem o “quiz”, totalmente desnecessário, que pelo menos nessa edição não teve as bobagens do tipo “que barulho você não gosta”; haja paciência.

E o que dizer da apresentação de abertura em que as misses entram carregando cartazes ao som de funk ou sei lá o que?!?!?!?!?! Som que aliás era tão alto que quase não dava para escutar o nome de algumas candidatas que se apresentavam durante a música.

Sem falar na redução das candidatas, de 30 para 20. Foi tão difícil assim conseguir manter o número tradicional de candidatas ou foi corte de custos devido à crise? Enfim. O jeito é torcer para novidades BOAS em 2018.

É tão simples! A grande maioria dos fãs e missólogos, responsáveis pela existência dessas franquias (os organizadores parecem não se dar conta disso) querem que a eleita seja a mais bela. Simples assim. Essa conversa de atitude etc pode até garantir uma volta ao TOP 5 do Miss Universo, mas isso basta? No final quem vence é a mais bela, e se tiver uma boa oratória, melhor!

Você prefere que a Miss Brasil fale inglês fluente e tenha excelente oratória ou que seja a mais bela? Oratória e inglês melhoram com treino; já a beleza fica um tanto difícil, ainda mais com o pouquíssimo tempo de preparação antes do Miss Universo.

Enfim, vamos deixar este espaço para Karen Porfiro e as belas candidatas que disputaram a sucessão de Sabrina Paiva, que parou no TOP 10 do Miss Brasil, mantendo o longo tabu dos paulistas no nacional; a última a conquistar a coroa foi Valéria Peris, em 1994.

Miss São Paulo 2017 | Últimas Notícias

Este espaço foi reservado para notícias relevantes sobre o concurso; veja as principais:

02 de fevereiro | A data marcou a confirmação da seletiva do dia 11 de fevereiro.

07 de fevereiro | Neste dia a organização avisou que a edição 2017 contaria com apenas 20 candidatas e não 30 como tradicionalmente acontecia.

11 de fevereiro | A organização divulgou que 68 candidatas participaram da primeira seletiva.

14 de fevereiro | Descobrimos que uma nova seletiva seria feita, em 17/02.

21 de fevereiro | Divulgaram finalmente as 20 candidatas que disputariam a coroa de Miss SP, além de confirmarem o dia 25 como data da grande final.

10 de março | Anunciada a venda de ingressos, que custaram R$ 120.

11 de março | As misses posaram para as fotos oficiais, divulgadas em 15 de março.

16 de março | Candidatas se apresentaram para o confinamento.

20 de março | Neste dia as candidatas desfilaram de biquíni para o júri técnico, composto por Camila Lima (editora da revista Marie Claire), David Pollak (stylist) e Adriana Bechara (consultora de moda), responsável pela escolha do TOP 12. Assista o desfile:

22 de março | As misses Francine Pantaleão, Bruna Michels, Fernanda Leme e Jessica Vilela passaram o dia ensaiando para a grande final.

Francine Pantaleão, Bruna Michels, Fernanda Leme e Jessica Vilela

24 de março | A organização anunciou que os vestidos de gala seriam de responsabilidade do estilista Samuel Cirnansck.

Candidatas do Miss São Paulo 2017

Veja as 20 belas finalistas que estrelaram o Miss São Paulo Universo Be Emotion 2017, conquistado por Karen Porfiro. As fotos oficiais foram feitas por Marcelo Soubhia; já as fotos de biquíni (terceiras da esquerda para a direita) são do desfile para o júri técnico, quando o fotógrafo foi Rodrigo Trevisan:

Miss Águas de Lindóia – Brena Giovanska Mosna

Águas de Lindóia - Brena Giovanska Mosna

Miss Bauru – Eloísa Andrade

Miss Bauru - Eloísa Andrade

Miss Guarulhos – Nayara Uritan

Miss Guarulhos - Nayara Uritan

Miss Itapetininga 2017 – Leticia Lobo

Miss Itapetininga 2017 - Leticia Lobo

Miss Itirapina – Marjorie Rossi

Miss Itirapina - Marjorie Rossi

Miss Jaboticabal – Natália Correa

Miss Jaboticabal - Natália Correa

Miss Jacareí – Jessica Andras

Miss Jacareí - Jessica Andras

Miss Jahu – Luisa Caleffi

Miss Jahu - Luisa Caleffi

Miss Jales – Iamonike Helena

Miss Jales - Iamonike Helena

Miss Laranjal Paulista – Bruna Zanardo

Miss Laranjal Paulista - Bruna Zanardo

Miss Limeira – Giovana Ortiz Camolesi

Miss Limeira - Giovana Ortiz Camolesi

Miss Mongaguá – Raquel Janofsky

Miss Mongaguá - Raquel Janofsky

Miss Município de São Paulo 2017 – Karen Porfiro

Miss Município de São Paulo 2017 - Karen Porfiro

Miss Pindamonhangaba – Núbia Gouvêa

Miss Pindamonhangaba - Núbia Gouvêa

Miss Ribeirão Preto – Marcela Araki

Miss Ribeirão Preto - Marcela Araki

Miss São Caetano do Sul – Stefany Salles

Miss São Caetano do Sul - Stefany Salles

Miss São José dos Campos – Stephanie Pröglhöf

Miss São José dos Campos - Stephanie Pröglhöf

Miss São Sebastião – Isabela Burgui

Miss São Sebastião - Isabela Burgui

Miss Sumaré 2017 – Isabelle Brenelli

Miss Sumaré 2017 - Isabelle Brenelli

Miss Tatuí – Isabela Cetraro

Miss Tatuí - Isabela Cetraro

É isso. Este foi o post da edição 2017 do Miss São Paulo; e aí, gostou de ver Karen Porfiro coroada?

128 COMENTÁRIOS

  1. Ah tá, como esse é o tópico do Miss SP acabei confundindo, pois não abri o site para ver os comentários anteriores, estou comentando direto pelo Disqus! hahaha
    Acho que foi o pior MU no quesito câmeras, ninguém gostou do formato de 3 misses ao mesmo tempo… espero que revejam isso!
    Lembra do MU 2008? Aquele jogo de câmeras foi perfeição!

  2. sim, concordo, mas estão melhorando, nada que um treinamento melhore, ficou mais emocionante com a câmera em movimento, só que eu tava falando do jogo de câmeras do MU shshshahhshas
    Veja quando a Raíssa começou a desfilar, mal da pra ver a passarela dela pq a câmera ficou muito próximo do corpo, já as misses que abriam o desfile do seu respectivo grupo eram muito bem filmadas, como no caso da miss Kenia, México, Panamá, Canadá e miss França, já a miss Colômbia…não deu pra ver direito o seu pivô, o mesmo com a miss Indonésia, por isso não curti esse formado 3:2:3:2:3 e 3:3:3

  3. Eu gostei muito de usarem steadicam com movimentação da câmera, mas eles erraram feio, talvez por falta de prática com filmagens desse tipo! Quem é responsável pela produção do evento, não é a Band, entretanto. É uma produtora tercerizada chamada Floresta!
    O certo seria: A miss sairia do fundo do palco, o câmera saia do lado esquerdo até seu encontro e iria para o lado direito.
    A próxima miss ele sairia do lado direito até o encontro da miss e iria para o lado esquerdo.
    Claro, sempre oposto ao lado que a miss irá fazer a pose final com os dançarinos!
    Ex.: Miss sai do fundo do palco e faz a pose final do lado esquerdo enquanto o cameraman com a steadicam estaria do lado direito!
    hahahah não sei se deu pra entender, mas esse foi um erro bem amador. O cameraman ficava sempre do lado esquerdo e ficava na frente da miss (as que tinham que fazer a pose final do lado esquerdo) e acabava aparecendo também, tirando a nossa concentração da miss para ficar gritando um “sai daí” para o cameraman hahahah! Mas esse é o caminho, muito melhor um desfile com câmera em movimento que a câmera estática que usavam antes!
    Ou podiam fazer como no Miss Universo 2012, onde o desfile de biquini a miss saia do fundo até a passarela que se estendia até a plateia e no retorno da miss até a pose final, o cameraman com a steadicam também fazia a movimentação e girava para a pose final (não achei gif pra ilustrar :( ) Pelo menos no MB usam essa passarela e o palco não fica tão pequeno!

  4. Mas chamar cabelo crespo de dessarumado soa um tanto pejorativo, não acha? Eu já acho o contrário, tem que ter muito estilo e personalidade para assumir a cabeleira! Não estou dizendo que devemos ser obrigados a gostar de cabelos crespos, mas a forma como emitimos nossa opinião nos diz muito sobre nós! Então ser crespa é ser “dessarumada” e ter cachos mais definidos ou lisos e ser “arrumada”???

  5. Comparado com outros anos, europeias foram fracas sim!
    Questão não é só beleza e sim o conjunto (e mesmo no quesito beleza achei fracas as europeias esse ano)! Sou super fã de Patrícia Yurena, Rozana Purcell, Oleysa Stefanko (embora tenha achado a vitória da Leila sobre a Oleysa merecida), a russa de 2010 que me esqueci o nome e tantas outras que dariam ótimas MU! Desde o início do MU 2016 havia essa pressão para elegerem uma europeia! Se fosse um ano forte mesmo de europeias, mais europeias além da Iris teriam se classificado (mas respeito sua opinião)! Na era Trump, atribuiam o insucesso das europeias a fraca pasarela, mas essas que citei acima tiveram ótimas performances e também não ganharam! Percebi que a organização do MB quer diversificar no biotipo e a do MU quer diversificar nos continentes, deixando de eleger em sua maioria latino americanas (elegeram uma asiática e agora uma europeia) que nesse ano tenhamos mais sorte!

  6. Já eu, achei q foi um ano forte com as européias! Se era para eleger uma européia, haviam muitas mais lindas! Ex: Itália, República Tcheca, Slovenia q quase sempre é um País, injustiçado, no MU, Holanda, etc, essas q citei, colocavam essa francesa sem beleza, no bolso e ainda devolviam o troco!

  7. Não gostar do cabelo, dela, é apenas uma questão de gosto, pessoal! Eu tb, não sou fã, mas não por Racismo, mas por questão de gosto, mesmo! Entenda! Então, se não acharmos uma loira ou Ruiva, bonitas e nem os cabelos delas, bonitos, será Racismo, tb? Q coisa, Ridícula! Odeio vitimismo!

  8. Aquele formado ferrou até com a filmagem, coitada das misses que desfilaram no meio e no lado direito do palco huehueheue

  9. Eu também acho! Com tantas europeias lindas e com performances arrebatadoras no MU nos últimos anos, escolhem essa francesa! Ficou claro que eles só elegeram uma europeia pela grande pressão que estavam recebendo, até pq ela foi a única europeia do top e achei 2016 um dos anos mais fracos em europeias!

  10. Então, retifiquei essa informação em outra resposta, oficialmente ela disse apenas que irá “melhorar seu inglês” em uma entrevista. Vamos ver!

  11. Sim, concordo! Eu mesmo não achava a Sabrina Paiva ou a Deshauna (Miss USA) bonitas enquanto acho a Raíssa lindíssima e desde que bati o olho nela como Miss Umuarama disse: MISS BRASIL! O que quis dizer em relação ao racismo é que vi muitos comentários pejorativos do tipo “não gosto de miss de cabelo desarrumado” e daí pra baixo, coisas que nem valem a pena repostar! Acho a Karen bonita de rosto, o corpo realmente não é perfeito, mas é melhor que a Miss o da Miss Canadá que ficou no top 9 na frente da nossa bela Miss… então dá a entender que isso não importa tanto para a nova organização do MU (não quero que a Karen seja MB, só acho que há um pouco de injustiça nos comentários). Eu que não sou paulista e muito menos mineiro e tendo assistido ao concurso com imparcialidade, vi que a Karen se deu melhor no concurso, pois quase ninguém ali estava preparada para um estadual do porte do Miss SP. A Karen pelo menos soubre trabalhar nas expressões faciais, passarela (não desfilava apressadamente) e etc… tinha presença de palco que as outras não tinham. Algumas eram até desengonçadas, a própria Bruna pulou paradas finais e já foi se retirando do palco e etc… então para o nível das candidatas, ela tenha sido talvez a melhor da noite!

  12. Miss Brasil será na primeira semana de Agosto (pelo menos anteciparam em 2 meses e espero que continuem antecipando nos próximos anos). Miss Universo ainda sem data e tomara que não repitam o formato ridículo do MU 2016!

  13. Discordo em partes, pois tivemos candidatas muito competitivas e por isso fomos 3 anos seguidos top 5. A culpa de não termos uma MU não é das misses… sabemos que um dos problemas é eleger em cima da hora. Se Jakelyne (que teve duas semanas de preparação), Marthina e outras que mandamos estivessem mais preparadas, teriam mais chances de ganhar a coroa! Isso sem citar a politicagem que existe no MU!

  14. Citei a Miss Ribeirão pois poucos sabiam que ela era mineira, então todos a apoiáram! Se o povo soubesse que ela era mineira, não teria o mesmo apoio! Acho terrível esse bairrismo nos concursos aqui do Brasil, basta ver o que aconteceu com a Brena Dianná e seus conterrâneos no MB do ano passado!
    A Karen está em SP desde que acabou seu reinado de Miss MG… isso que eu acho bobagem “tirando a chance de uma nativa vencer”… tem que vencer a melhor e pronto! E no nível fraco do Miss SP, a Karen era uma das únicas opções razoáveis e ela não tem culpa disso. Se meninas competitivas se inscrevessem seria outra história!

  15. Olá Elizabete, tudo bem?
    Então, não sei ao certo, só ouvi dizer! Na entrevista que Karen concedeu a Band, ela disse que aperfeiçoará o inglês, não deve ter inglês fluente também! Mas a Karen não vai ser MB mesmo, só se o nível for fraco daqui pra frente, o que eu duvido, pois já estão aparecendo algumas ótimas candidatas! Não que a Karen seja ruim, gosto dela, mas ainda falta algo para ser MB!

  16. Ué, se não me engano, em 2014, disseram q ela tinha 1,72 ou 1,73, portanto, não acredito q tenha 1,74! Já vimos essa história, antes e vimos no q deu!

  17. E lá vem as inverdades! Morou fora… sei não! Toas falam q falam inglês fluente, q e qdo passa o MU, ficamos sabendo q não! Já disseram q a mesma, não fala o inglês!

  18. Nunca gostei da Miss Ribeirão Preto do ano Passado! Sendo paulista ou mineira! Ou seja lá de onde, for! Não ligo para isso, só acho errado, uma Miss morar há pouco tempo em um estado q não é o seu, ou muitas vezes, nem conhecê-lo, tirando as chances de uma nativa, vencer!

  19. Ah,já ia me esquecendo: em 2007, merecia o top 5, ganhar, não, pois tinha
    o Furacão, Natália Guimarães! Poderia ter sido a segunda colocada, pelo menos!

  20. GO, há anos q não é top 5 e já está merecendo uma MB, há muito, tempo, né? Aliás, esse estado, nunca teve uma MB! Na maioria das vezes, é injustiçado! Exemplo: 2008,2012, 2015 e 2016! Essa é minha opinião!

  21. Anos 60, elas faziam isso? Tem certeza?? Isso é uma prova de q não houve Ditadura, naquela época, mesmo! Há é agora!

  22. Eu não gosto dos vestidos do Dutra, salvo, raras, exceções! Esse, é novo, ainda, poderá melhorar! Não gostei de seus vestidos, nesse primeiro ano, mas merece uma chance! Vamos esperar, já q ele ainda, não tem experiência!

  23. Pois, é! Ditadura de Gênero, é assim, mesmo! Se elege, pela etnia, Classe social, etc, não, pela beleza! Ditadura é Ditadura!

  24. Verdade, q fizesse igual a Paloma Vega, por exemplo: sempre esperou terminar o Reinado, para Participar de outro! Consciência é bom!

  25. clap, clap,clap! Disse, tudo! Parabéns! Gente sem argumento, q quer obrigarmos a achá-la linda, só porque é negra! Isso é Complexo de Inferioridade!

  26. Não a acho bonita pra Miss, apesar de ser bonita, mas pra miss,não! Coxuda e quadris, muito largos! Além de flácida! E é baixa, tb! Ninguém é obrigada a achar ninguém linda(o), só por causa de etnia! Nem tudo, é Racismo! Abaixo a Ditadura de Gênero!

  27. Na verdade a organização não se pronunciou. Quem disse que teve contato com eles foi o site “Ego”, da Globo.
    E pessoalmente vi pelo menos três coordenadores se manifestarem dizendo que o contrato que foi assinado é este mesmo que consta que não poderia voltar a concorrer. Inclusive disseram que tem os e-mails da organização como prova.
    Foi pedida uma reunião de alguns coordenadores com o presidente da Polishop para falar sobre isso e outros pontos do Miss SP que segundo eles (coordenadores) estavam fora das regras estabelecidas.
    E a alteração do tal regulamento só ocorreu na tarde de segunda-feira quando essas imagens pipocaram nas redes sociais.
    Pessoalmente gosto da Karen, que sempre foi solícita e simpática quando precisei entrar em contato, mas se os coordenadores estão falando a verdade, e pelo que sei realmente estão, a polêmica ainda vai longe…

  28. E a ultima miss Brasil que realmente merecia o titulo foi a Natalia , e as outras posteriores nenhuma merecia o titulo e olha que vai fazer 10 anos …. , tempo demais para um pais cheio de mulher bonita.

  29. E novamente digo se elegerem novamente uma miss cabide nao vai dar em nada. Miss tem que ser elegante, ter classe, baber falar em publico e ter beleza de rosto. Ter 1,80 nao é essencial e parfece-me que os conceitos mudaram na alta cúpula do miss universe

  30. Já está chato este papo de racismo e que os paulistas nao aceitam a nova miss sp. O que eu quero saber é quando será o miss rasil? E o miss unierso onde vais ser? Em que data?

  31. …realmente está complicado…mas não perdido. Concordo totalmente sobre a segunda seleção, principalmente porque há um grande contrassenso: usam o “conceito” de empoderamento e respeito às mulheres e lançam mão desta segunda seleção, como se falassem:” vocês se esforçaram para fazer tudo no prazo mas não estão no nível desejado…então que venham outras” Precisa haver uma grande e séria reavaliação de tudo! Um bom começo é ter um posicionamento oficial, reconhecer se houveram erros e repará-los. Mas tudo com o máximo de urgência possível…para não prejudicar ainda mais as duas envolvidas. Há um contrato da Polishop com o MU, e a vinculação de uma das empresas do grupo diretamente com o concurso…”Miss ______ Be Emotion”…não seria nada interessante a imagem de que a empresa não é capaz de gerir o evento com lisura e que o usa simplesmente como publicidade, não se importando com os caminhos que o mesmo toma!
    A maioria do pessoal está postando na página do MB…bora lá!

  32. Então, Dalberto. A Karen também participou do Miss Município de São Paulo!
    Eu falei que há comentários preconceituosos com base no que vi. Muitos não a aceitando por ser mineira (por isso perguntei pq apoiaram a Janaína e a Miss Ribeirão Preto do ano passado, ambas mineiras e não a Karen com esse discurso de “São Paulo não precisa importar misses”) e outras pessoas reclamaram do cabelo mesmo! A questão do voto do público acho que é mais ampla, pois o concurso tem praticamente transmissão nacional. Aqui no RJ mesmo, todo ano é transmistido, então eu que não sou paulista posso votar também! Acredito que a Karen e Bruna tenham sido as mais votadas, até mesmo no twitter as duas ficaram com as primeiras posições e no Twitter não tem como esconder, todos podem mensurar esses dados! Acho isso bobagem do “povo da cidade/estado ter que aprovar a miss”. Deve ser escolhida a melhor representante, independente de qualquer coisa. Jakelyne Oliveira foi “rejeitada” na época e fez um ótimo Miss Universo… se enviássemos a que o povo “aprovava”, que era a Isis Stocco, será que o resultado seria igual? Isis depois voltou no Miss International bem melhor, mas no Miss Brasil estava muito apática, só pra citar um exemplo. Por fotos, na época a Isis também era minha favorita, mas ao vivo, no palco não funcionou naquele MB, e muita gente ainda assim reclamou por ela não ter sido eleita. Geralmente o povo “comum” que não entende de concursos de Miss, acabam escolhendo suas favoritas com base em fotos ou a que acha a mais bonita, mas sabemos que o concurso tem escolhido não necessariamente as mais bonitas, e isso não é de hoje. De qualquer forma, com Bruna ou Karen São Paulo não leva esse ano, só se o nível dos estaduais continuar bem fraco como foi o Miss São Paulo!

  33. Não acredito que as pessoas foram contra a eleição da Karen por preconceito, não sou paulista, pelo contrário, sou mineiro e deveria estar feliz com a eleição da Karen. Não aceito pelos mesmos motivos expostos pelo Edu e quanto a eleição da Janaína, nem se compara. Janaína participou primeiro no Miss São Paulo, conquistando na época o terceiro lugar e com aprovação dos paulista e a da maioria para ser eleita até mesmo a Miss São Paulo no ano em que concorreu. E ao voltar para o mundo miss, desta vez pelo Miss Minas Gerais, de novo teve visibilidade, conquistando o segundo lugar, só não ganhou acredito, devido a forma física que estava um pouco acima da média. Agora estranho não é? Karen entrou no TOP 12 , de acordo com a organização pelo voto do público e se você olhar os comentários Karen não era nem de longe entre as 4 favoritas do público. Muitas coisas estranhas.

  34. Boa noite!! Quando falei sobre credibilidade alguns aqui não gostaram, tá aí a festa do boi bumba armada! Pra mim a palhaçada já começou com essa segunda seletiva! E tbem já foi pro ralo essa Polishop, não dá pra acreditar em mais nada! Parceiros de outros municípios que tem apoio da prefeitura já disseram que não enviarão mais candidatas por perderem apoio da mesma devido a esses episódios duvidosos. Infelizmente quem perde é o Mundo Miss e seus admiradores! Abraços!!

  35. Então, Edu,
    – Eu vi muitos comentários do tipo “não gosto de cabelo assim, desarrumado” ou “São Paulo tem moças bonitas, não precisa importar miss” e são MUITOS mesmo, por isso que digo que foi preconceito sim! Infelizmente ainda há muitos racisas “incubados”, que não falam diretamente que não gostam de negros e utilizam outros argumentos.
    – Talvez só saberemos a verdade em relação ao regulamento caso a Bruna coloque de fato na justiça e divulguem o resultado da investigação, sendo favorável a Bruna ou não.
    – Sim, os jeitos podem ter sido exagerados, eu nem tinha reparado quando ela foi coroada pois estava alternando aqui com os comentários, percebi apenas depois que vi vocês comentando aqui, até entendo mas achei desnecessário sim, nisso concordo!

  36. Sim, concordo, mas ela disse que isso não estava no contrato, até pq a Miss Fogo nada mais é que uma quarta colocada e não faz quase nada! Ano passado a Thiessa postou uma nota que estava triste por não ter sido convidada para ir as Filipinas passar a faixa a coroa, se fosse algo relevante eles chamariam a Thiessa que deveria passar a faixa e coroa para a Bruna, não acha?

  37. Oi Tere! Tudo bem? Estava comentando no outro site do MB 2017, entra lá e lê o que escrevi a respeito do casting nacional que muitos estão propondo e gostaria de saber a sua opinião, abraços!

  38. Mais uma vez falou tudo Edu! E, o mais importante, falta a ela beleza para representar São Paulo. Quanto aos gestos que ela fez, fora, desnecessários e absolutamente fora do contexto.

  39. Como assim? Se ela não descumpriu nenhuma regra não iriam destroná-la assim do nada, santa paciência, o fato é que ela simplesmente foi destronada porque se inscreveu para participar do Miss SP 2017.
    Coisa que ela não poderia fazer (participar de qualquer outro concurso) antes de entregar a faixa ano que vem.
    A organização do Miss Terra está certíssima, se mesmo com a coroa de Miss Fogo, ainda assim quer mais e participar de todos os concursos disponíveis eu acho errado, tem que optar por um. Fominha demais, por isso nunca gostei dela, se ela esperasse e participasse depois que passasse a faixa, não teria problema nenhum, agora quem muito quer, acaba ficando sem nada, foi o caso dela.
    Por isso nunca torci por ela, além do mais sou da seguinte opinião, se nem mesmo em concursos menores ela nunca ganhou, não é no Miss SP ou no MB que ela vai ganhar.
    Estava na torcida por uma cara nova.

  40. Olá EuMesmo!
    Sobre a questão do regulamento jamais saberemos a verdade. A Polishop falou que o que estava circulando na internet seria apenas uma parte de uma regra antiga, até aí tudo bem, o problema é, antiga de quando?
    Corrigindo o nome da candidata de quem se refere é Janaína Barcelos, então, ela mesma participou duas vezes da mesma franquia em edições diferentes, se a regra era antiga então ela também não deveria ter participado e muito menos ter vencido. Tudo bem que era outra direção, mas as regras acho que vieram no pacote com a troca da organização. Enfim… a verdade mesmo nunca saberemos…
    Sobre a vitória da Karen Porfiro, e a falta de aceitação do público em geral, não é nem tanto por ela ter nascido em outro estado, e muito menos pelos seus cabelos, o problema é que ela não é carismática como a Miss SP 2016 e a MB 2016, ela demonstra muita arrogância nos seus gestos e atos, demonstrações de atitudes desnecessárias para uma miss. Principalmente depois que ela recebeu a coroa, mostrando um ar de superioridade e menosprezando as outras, levantando uma bandeira, importante sim, mas que não convinha naquela situação, naquele momento, e muito menos de ficar fazendo gestos políticos e afins… ela não está num comício ou numa passeata, mas num concurso de miss… então atitude conta muito! Ficou soberba e metida e misses assim, o povo cai matando. A rejeição dela é muito grande por esses motivos.

  41. Mas esse top 2 era o melhor da noite (ou menos pior). O nível estava fraco, mas a Karen e a Bruna eram as melhores (ou menor piores) mesmo. Tanto é que acertei o top 2 durante o andamento do concurso!

  42. A própria Bruna explicou em sua rede social que não teria descumprido regras com a produtora do Miss Terra e ficou surpresa com o destronamento (isso foi postado a 2 semanas atrás). Então esse boato não faz sentido: Segue nota completa:
    “Eu gostaria de deixar claro que eu não estava ciente do atual ocorrido até esta manhã, assim como todo mundo. De acordo com o meu contrato, nenhuma regra foi violada enquanto Miss Terra-Fogo uma vez que a organização não conseguiu me dar uma explicação plausível, e por este motivo, acabei optando por seguir um sonho maior de representar o meu estado, e eventualmente o meu país. “Eu sempre vou lutar pelo que eu acredito que seja justo, e vou seguir trabalhando com muito amor e dedicação.”

  43. Essa é regra de 2016, leiam minhas explicações acima se vocês se interessarem! @disqus_0Zkl3l9Y5b:disqus e @disqus_wE2XJHGG6A:disqus

  44. As regras sempre mudam. Na época da ENTER, por exemplo, permitiam misses participar de 2 estaduais, tanto que aconteceu com Rayanne Moraes (2009 Miss MG e 2012 Miss RJ) e Janaína Barcelos (Miss SP 2008 e Miss MG 2013). Em 2014 a Enter resolveu vetar a participação de qualquer Miss que tenha participado do Miss Brasil, independente se pelo mesmo estado ou não. Em 2015, essa regra continuou, já que a Polishop assumiu já em cima do MB. Em 2016 o regulamento passou a permitir que uma miss voltasse pelo mesmo estado, e por esse motivo Jaqueline Verrel (não lembro se esse é seu nome) voltou por Tocantins (Miss Tocantins 2011 e 2016) e agora estão permitindo que voltem por outro estado. Mas se a Miss participar de um estadual e perder, não pode participar de outro estadual no mesmo ano e se ganhar um estadual e não ganhar o MB, tem que aguardar 2 anos para ser apta a participar novamente e a Karen está dentro dessas regras!

  45. Eles se posicionaram dizendo que as misses sabiam do novo regulamento (do concurso 2017) antes do concurso e que as regras só não podem mudar quando o concurso está em andamento e que não foi o caso ou que uma Miss só não pode participar novamente do estadual se receber a “coroa máxima” de Miss Brasil. Eles explicaram que as regras do concurso são dinâmicas e citaram inclusive o exemplo de aumento de idade do Miss Universo que refletiu no aumento de idade do concurso nacional também agora em 2017. É o que disse desde o começo. Não é o fato do regulamento de 2016 estar no ar que significa que as misses não tiveram acesso ao regulamento de 2017. O erro foi só deixarem o de 2016 no ar, o que gerou toda essa confusão.

  46. Eu penso o seguinte:
    As regras que estavam no site são de 2016. Foi um erro não atualizarem a tempo? Foi! Mas ainda que as garotas se inscrevam online com base nessas regras, para a candidatura seja aceita e sejam efetivamente candidatas oficiais dos estaduais, as meninas precisam pagar a taxa de inscrição e consequentemente assinar um contrato com o regulamento do concurso. Acredito que nesse caso elas receberam SIM o regulamento de 2017. Se for isso, não há erro algum, apenas um descuido da organização em deixar o regulamento de 2016 no ar!
    Pode parecer que não, mas acredito que tenha muito bairrismo e até um pouco de racismo envolvido nessa raiva do povo de São Paulo, pois ví vários criticando seu cabelo e outras coisas piores que não vale nem comentar! Pq não aconteceu essa revolta com Janaína Barbosa que é mineira e ganhou o Miss São Paulo lá em 2008? Nem digo por essa confusão de regulamento de agora não, mas por conta de comentários do tipo: “Ela não é paulista, isso é um absurdo”. Ué, eles mesmos não dizem que São Paulo “acolhe a todos”?

  47. Concordo, ñ foi comportamento de uma Miss, tipo tenho cabelo crespo e ganhei… se gabando, anteriormente disse q racismo é crime, com uma cara tipo tomô!!! Quem ñ sabe q é crime gente! Imagina ir p o MU com essa postura…

  48. …será???…ou conveniências do momento! Como definitivamente as coisas não são sérias neste país…nem concurso de beleza se salva. No primeiro momento tinham que ter um posicionamento oficial, esclarecendo tudo.

  49. Também achei isso, super estranho…
    Se bem que independente do desfecho dessa história para mim é indiferente, não gosto de nenhuma do top 2. É trocar seis por meia dúzia.

  50. Oi Dee, foi sim, ela participou de dois estaduais em épocas diferentes e conseguiu ganhar nas duas edições e no MB de 2008 se não me engano ela ficou na 4 colocação e no MB de 2013 na 2 colocação.
    Agora uma coisa que eu não entendo é que a nova organização já se pronunciou afirmando que o trecho do regulamento que está causando polêmica seriam regras antigas e que com a atual direção foram mudadas e portanto a Karen continua como Miss SP 2017.
    Agora pergunto: se eram regras antigas então como a Janaína Barcelos pode participar de dois concursos da mesma franquia concorrendo por estados diferentes?
    Alguma coisa nessa história não está me cheirando bem…

  51. Oi Dalberto, tudo bem? Já se pronunciaram sim e os trechos que saíram do regulamento na internet seriam regras antigas.

  52. Olá João! Boa noite!
    Então, quando acordei e entrei no meu Face, já tinha uma postagem onde a organização esclarece os fatos, segundo eles os boatos que estão pipocando na mídia nada mais é do que as regras do regulamento antigo. Portanto, felizmente ou infelizmente, a coroa da Karen Porfiro não está ameaçada.

  53. Mas acho essa polêmica toda é porque como ela participou por MG não poderia participar por SP, mas vamos aguardar o que a Be Emotion vai fazer

  54. Gente está bem claro na regra ela não poderia ter sido eleita no ano anterior à edição que ela está concorrendo, ela participou em 2014, estamos em 2017, portanto dentro da regra. Isso foi só MI MI MI

  55. Boa tarde Edu, ou agiram de má fé, ou estão em busca de “mídia”, manchetes e repercurssão . Mas eu vou ser sincera se ela for destronada, não vou ficar triste não, porque se ela sabia da regra e a organização sabia da regra, nada mais justo.

  56. Olá!
    Verdade absoluta, estou com pulga atrás da orelha, você sabe que brasileiro adora copiar coisas de gringo né? Então, sobre aquele boato que chegou até a mim de que Bruna seria favorecida e portanto desistiu da terceira colocação do Miss Terra para participar do Miss SP?
    Acho que agora está fazendo sentido… será que eles querem mídia como aconteceu no MU em 2015?

  57. Bomba!!!!!!
    Falei que não postaria mais aqui e que partiria para a próxima página, mas…
    https://uploads.disquscdn.com/images/eb58233de4ab74ab319746e0c97437a861f377ffe81bf081f58935dd74f3d2a1.jpg
    Estamos no Brasil, então, regras e regulamentos é o que mais tem, além da burocracia e corrupção generalizada em todos os setores inclusive nos concursos, agora eu pergunto, alguém cumpre?
    Ninguém da organização notou ou percebeu que a vitoriosa do estadual paulista deste ano que inclusive é mineira, se consagrou campeã no seu estado de nascimento e que já concorreu pela mesma franquia no Miss Brasil Universo em 2014?
    Haja paciência…
    Só falta depois de coroarem a coitada, dar uma de MU 2015 e depois de alguns dias desclassificarem por estar infligindo uma regra do concurso e coroar a segunda colocada. (Se não foi a intenção desde o começo).
    Segundo boatos a Bruna Zanardo esta processando a organização e requerendo a coroa de Miss SP 2017.
    Eu acho que o concurso ainda não acabou… vamos aguardar as cenas do próximo capítulo.
    Das duas uma: ou mudam novamente as regras do concurso, ou precisam desclassificar a vencedora. Caso contrário vai virar uma marmelada só, inclusive acho que virou faz tempo… e vai desqualificar ainda mais o concurso e sujar o nome Polishop/BeEmotion.

  58. Bom galera!
    Só passando para despedir desta página e partir para o próximo estadual que será Goiás e comentar no espaço destinado as misses eleitas no site do MB 2017.
    Como não posso deixar em branco, vou destilar mais um pouco do veneninho, rs…
    O estado de SP sempre querendo inovar e está tentando mudar de maneira errada, até o significado da palavra ¨empoderamento¨ para eles agora é sinônimo de cabelos crespos e cacheados, tanto que todas elas que tinham cabelos (chuá) assim que falam no interior do Paraná, rs… todas foram classificadas. Particularmente eu não vi nenhuma poderosa, pelo contrário, vi candidatas falando frases feitas de efeito e tudo na base da decoreba, muito forçado e tirou a naturalidade e a beleza do evento. O que eu vi foi um incentivo as mulheres fazerem protestos por quaisquer temas, incitando o barulho e a rebeldia, mesmo de que forma velada, pois, geralmente, protestos geram violência.
    Estão querendo mudar a essência do concurso de outrora, onde sonhos eram construídos através de um concurso de miss, com toda sua magia, elegância e glamour…
    Vamos simplificar e não complicar, o importante é ter atitude e acima de tudo beleza.
    Não ligamos a TV para assistir um concurso de miss onde mulheres (normais) até demais, tanto para os padrões nacionais como para internacionais ficarem discursando e debatendo temas que não cabem num concurso de MISS. O que esperamos ver e que ganhe, são mulheres excepcionais, maravilhosas, aquelas que não encontramos facilmente no nosso dia a dia, mulheres lindas de rosto e corpo e não esse show de horrores que fomos obrigados a assistir neste primeiro estadual.
    Espero que não seja copiado nos próximos concursos e que o nível melhore urgentemente, caso contrário, vamos passar longe da coroa do MU mais uma vez…
    #prontofalei

  59. Só pela escolha do tema, presume-se que sim. Tudo pelo empoderamento do(a) negro(a), mesmo que tenha muitas e muitas que merecessem mais o título! RIDÍCULO.

  60. Simplesmente ridículo. O que justifica ganhar esse cão chupando manga ao invés das belas favoritas na enquete, por exemplo? A existência informal de uma cota, é óbvio. Em qualquer ônibus lotado na capital ou em qualquer vagão de trem/metrô acha-se dezenas de mulheres mais belas.
    Seja pelas plásticas (implantes de silicone), seja pelas cotas raciais, esses concursos estão cada vez mais um porre. Pura perda de tempo.

  61. …bom dia empoderados! Então…SP…primeiro estadual já gerando polêmicas! Fica uma questão….será um prenuncio do que vem por aí ? A linha será esta – conceitos se sobrepondo a beleza? Não digo com isso que a eleita não tenha o quesito…mas ficou claro, que sua “atitude” teve um peso maior na escolha. Aliás com aquele corpo de jurados, já era bem previsível! Fica uma constatação…a grande dificuldade de SP quebrar o jejum de 23 anos (Valeria Peris/94)… Bora para a página do MB!

  62. Concordo com quase tudo, mas gostei mais desse formato atual do que os anteriores…
    Só colocaria uma passarela no meio como tinha em várias edições do Miss Universo até 2010! Prefiro Dutra também, embora os vestidos sejam muitos repetitivos nos estaduais e nacional (embora no MU eu os ache perfeitos)!
    Coisa que mudou e gostei foi o uso maior de steadicam, dando movimento as tomadas de câmera, embora faltem melhorar ainda, pois direto aparecia o cameraman passando na frente ou haviam erros de cortes (no desfile de maiô por exemplo, quando a Karen foi fazer a parada final a câmera cortou antes já para a outra candidata).
    Preferiria que o formato de atrações e jogo câmeras fosse que nem no MU. Cantor apresentasse um trecho de música, depois ficasse só o instrumental e depois ele retornasse para cantar mais uma parte e com NARRAÇÃO! Faz muita falta falar: “Começamos o desfile de biquíni com… SÃO PAULOOO” Acho que isso dá uma maior emoção ao concurso!

  63. Aah com certeza. Ainda mais que tô vendo lindas candidatas aos estaduais, podem acabar escolhendo uma ótima miss que vai acabar perdendo lugar pra SP entrar. É injusto mesmo!

  64. Achei Edu. Comentando já lá na página do MB. Postei uma foto da miss Goiânia sem make, não curti não. Tava gostabdo dela já ?

  65. Exato Day. No ano passado desse que vi as primeiras fotos da Raissa, eu passei a te-lá como favorita. Infelizmente não terei a Miss SP recem eleita como favorita, pois não tem beleza para nos representar no MU.

  66. Demonstração de racismo desnecessária. Eu vi e achei acintoso. Ela tinha a torcida a seu lado, não houve protestos por parte das perdedoras, portanto não precisava dessa atitude.

  67. Sim ela concorrreu duas vezes o Miss Brasil, na primeira vez foi em 2008, ficou em 4 lugar acho e ganhou a Anderle que era muito feia. Depois concorreu em 2013 quando e ficou em 2 lugar quando a Jaquelyne ganhou.

  68. Contradição é a palavra… rs…
    Alguns pontos positivos e outros nem tanto, resumindo, parecia uma passeata dos anos 60 onde as mulheres estavam reivindicando alguma coisa dentro de um evento, que nesse caso foi um concurso de miss. Faltou uma certa dinâmica e mais passarela e menos textos decorados e chavões. Não gostei da mudança, prefiro as edições anteriores, só gostei delas se apresentando ao microfone individualmente, o resto deixou a desejar… A trilha sonora barulhenta e sem emoção, acho que foi a pior parte, muito barulho para pouco show.

  69. Do MB ainda não sei, pois só temos uma candidata eleita ainda no momento mas, tem sim de outros estaduais, como Goiás e Paraná entre outros, é só digitar Curiosando miss (estado) que aparece.
    Sim, precisamos migrar para outro estadual, esse já deu, rs…
    Editando: Acabei de ver no finalzinho do site, já saiu sim a página do Miss Brasil 2017.

  70. Nossa, saudade da pizza brasileira, apesar de ter uma pizzaria de brasileiro aqui na minha cidade ainda não fui, rs…
    Voltando a falar da bagunça, ops… Miss SP, então, eu particularmente não gostei do resultado, por inúmeros motivos, primeiro, sendo mineira já participou do Miss Minas e ganhou, flopou no nacional, nem se classificou entre as 15 semifinalistas, se já concorreu uma vez e nem se classificou, não é agora que vai ganhar, se não mudou nada, nem cabelo e nem o corpo, muito menos oratória e passarela ou seja, não evoluiu, então SP arriscou demais em eleger uma requentada que não melhorou. Mil vezes arriscar com uma candidata novata e treinar bastante, porque tempo teria o suficiente.
    Será apenas figurante na próxima edição, vai entrar no top 15 por ser a anfitriã e ficará pelo caminho…
    Como você falou, melhor para as outras, menos uma como concorrente, mas tem o lado negativo, ela vai tirar alguém do top 15 para ela entrar… muita injustiça.

  71. “Já cansou…”, “Até quando…”
    É a segunda negra, usando afro, a ser eleita como Miss SP em quantos séculos????
    Opinião de um leigo aqui…

  72. Já tem página do miss Brasil 2017? Pra podermos migrar pra lá? Queria ver posts dos outros estaduais, tem aqui no site?

  73. E as pessoas que estão acusando de racistas as pessoas que não concordaram com sua vitória? Não sei o que é mais ridículo! Pena das pessoas que realmente lutam contra o preconceito e racismo.

  74. Ainda não vi todas do miss GO mas as que vi eram bonitas e essa da foto tbm. Nem assisti, falei que ia mas minha fome me fez perder kkkkkkkkkkk. Quando deu sete da noite eu tava no shopping e fiquei esfomeada, falei pros meus pais para ir pra um rodízio de pizzas, saímos de lá depois das dez e passeamos um pouco. Acabei esquecendo. Mas sobre a ganhadora eu gostei da vitória, sabemos que só pegará top por ser miss SP e por ser negra, a nova onde agora é inclusão mesmo se não for tuuudo aquilo…. ela não vai ganhar o MB sabemos tbm, então assim foi melhor para as outras misses de outros estaduais, menos uma concorrente ?.

  75. Boa noite Tere! Como comentei num post ontem, eu não entendi o significado da palavra empoderamento, achava ser mais abrangente e não vi nenhuma poderosa e muito menos emponderada.
    Só deu para perceber depois da apresentação dos jurados que empoderamento para eles era igual a negra de cabelos crespos somente.
    Também concordo que no meio de tantas fracas, a melhorzinha pelo conjunto ainda era S. Sebastião, e com treinamentos adequados ficaria muito competitiva para o certame nacional, mas já foi…
    Agora ano passado, também, queriam uma negra e ganhou uma negra no MB, se bem que ela a termos nacionais era a mais bela e completa e mesmo tudo conspirando ao seu favor, achei que foi justo, diferente da escolha de 2015, onde manipularam até o final para que o resultado fosse aquele, sendo que tinham outras beldades que poderiam ter um melhor desempenho no MU. Mas… sempre tem o mas…

  76. Concordo com muitos dizendo que o rosto da vencedora é bem bonito, mas o corpo péssimo. Ainda acho que, mesmo com a reboladinha, a São Sebastião tem uma beleza mais completa e poderia fazer com que São Paulo tivesse mais chances no MB. Desse jeito, não iremos muito longe. O que me deixou mais chateada do que a dancinha vulgar foi a comemoração em tom de deboche da vencedora, sacudindo os cabelos crespos, como se quisesse provar alguma coisa. Isso sim é racismo! Vergonhoso para uma miss!

  77. pessoas “leigas no assunto” HAHAHAHAH
    a maioria das pessoas aqui não colocam foto de si mesmas. que bobagem. acho que você não tinha argumentos mesmo. abraço! ;)

  78. Hahahahahahaha… eu tinha percebido quando fui reler o comentário e depois editei antes de ler o seu, desde que assisti o desfile de biquíni no terraço de um prédio, e vendo os biquínis horrendos deformando os corpos das misses, laje não me sai da cabeça, hahahahahaha…
    Pois realmente parecia Miss Laje hahahahahahahaha…
    Na próxima edição o desfile vai ser no Piscinão de Ramos hahahahahahaha…

  79. Oi Day que bom que voltou, saudades…
    Obrigado pela resposta, também do jeito que todas pedem uma ajudinha pra o Dr: Photoshop fica difícil saber até que ponto é real ou falso em muitos casos.
    Bom, ela é uma das favoritas, gosto de uma outra mas esqueci o nome dela e da cidade que representa.
    Mudando de assunto: assistiu o Miss SP? Gostou?

  80. …tb n curti os cartazes, n acrescentaram nada! Sobre os vestidos…n estavam perfeitos. mas cumpriram seu papel. Na verdade acho que faltou tempo de passarela para que pudéssemos observar melhor. Agora sobre Polishop… perfeito!!!

  81. Oooi Edu quanto tempo…. Então isso é super normal, acompanho um grupo de cirugias plásticas e isso tem em todo lugar. Fica mais em evidência depois que a mulher coloca prótese de silicone que aí conseguimos ver o colo totalmente marcado e mega separado. O certo seria ela ter colocado uma prótese maior e com uma base mais larga pra “tentar” juntar os seios porém poderia ficar bem peituda kkkk. Não sei se conhece a atriz Debora Seco nem sei como escreve mas é isso, ela tbm tem seios separados.

  82. meu cel descarregou e tá com probleminhas rsrsrsrs, só consegui ver agora …. ela parece que tinha 45 anos ????kkkkkkkk
    mas brincadeiras a parte acho que foi muito injustiçada em 2014 …

  83. A melhor coisa desse miss SP foi ter conhecido a cantora Iza, essa sim negra linda e talentosa, com voz potente, uma coisa boa do cenário pop brasileiro finalmente. Não paro de escutar a musica dela e dançar até o chão na coreografia da miss São Sebastião…. kkkkkkkk….até o próximo estadual…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here